Alimentação

Almoço no pote é opção gourmetizada de marmita fitness; veja 3 opções

Fernando Moraes/UOL

Heloísa Negrão

Colaboração para o UOL

A moda das marmitas fitness não precisa se restringir aos potinhos de plástico requentados no micro-ondas. Montar o almoço em um pote de vidro pode ser uma saída mais glamourosa para quem deseja uma alimentação saudável. “O pote é bom porque você consegue levar as quantidades certas. No restaurante self-service ou à la carte, as pessoas sempre comem mais do que precisam e isso contribui para aumentar o tamanho do estômago”, diz a nutricionista Maria Cecília Corsi, do restaurante Freshie, especializado em comidas em pote.

De acordo com a especialista, a grande sacada dos potinhos é o porcionamento correto da comida e a forma como são preparados --sem frituras ou temperos ricos em sódio. “Mesmo quem só busca uma alimentação mais saudável acaba emagrecendo com os potes, porque para de comer em excesso”, explica. A pedido do UOL, Maria Cecília preparou três tipos de refeições em potes. Vale lembrar que os potes com molho devem ser consumidos no mesmo dia. Confira abaixo:

Salada Detox

Fernando Moraes/UOL
imagem: Fernando Moraes/UOL
Ingredientes: 1 colher de sopa de gengibre fatiado (pode ser em conserva); 3 colheres de sopa de salmão cozido e desfiado; salsinha; 1 colher de sopa de azeite; 3 colheres de sopa de quinoa cozida (apenas 5 minutos de cozimento); um punhado de broto de alfafa; ½ tomate picado em cubinhos; ¼ de uma cenoura ralada; ½ folha de couve picada; 2 folhas de alface crespa e 1 colher de sobremesa de castanha-do-pará triturada; azeite e salsinha a gosto. Para o molho: uma xícara de café de aceto balsâmico e 3 colheres de sopa de azeite.

Modo de preparo: sempre comece o pote pelo molho. Reduza o aceto balsâmico por cinco minutos em fogo baixo, na sequência adicione o azeite. Depois do molho, coloque as fatias de gengibre. Adicione o salmão desfiado (previamente cozido e temperado com azeite e salsinha). Acrescente a quinoa cozida ao pote. Ajeite as cenouras raladas em uma camada. Faça outra camada com os tomates picadinhos, coloque o punhadinho de broto de alfafa e acomode a couve e as folhas de alface --que devem ir sempre dobradas, nunca cortadas, para que não soltem água e estraguem o pote todo. Finalize com a castanha triturada e feche o vidro.

Valor energético: 181 calorias.

Salada Mediterrânea

Fernando Moraes/UOL
imagem: Fernando Moraes/UOL
Ingredientes: 1 pires de café de penne cozido; ½ berinjela picada em cubinhos; 1 tomate picado em cubinhos; 4 bolinhas de mozarela de búfala cortadas em quatro; 3 folhas de rúcula e 3 folhinhas de manjericão. Para o pesto: ½ maço de manjericão; 2 castanhas-do-pará; 4 colheres de sopa de queijo parmesão ralado; 3 pedras de gelo e 1 xícara de café de azeite.

Modo de preparo: no liquidificador, adicione o manjericão, as castanhas-do-pará, o queijo parmesão, o gelo e o azeite. Bata tudo. O molho dura por muitos dias, então é possível aproveitá-lo em outros pratos.

Acrescente o molho ao pote. Com uma colher, faça a primeira camada com os cubinhos de berinjela. Espalhe as três folhinhas de manjericão. Adicione os tomates em cubinho. Agora é a vez da mozarela de búfala. A massa fica entre os últimos, por ser mais sequinha. Dobre as folhas de rúcula --sem rasgar ou cortar-- e aperte suavemente para fechar o pote.

Apesar de ter macarrão, a salada é pouco calórica. A proteína fica por conta da mozarela de búfala. Maria Cecília recomenda massa integral para quem quiser aumentar a quantidade de fibras do prato.

Valor energético: 137 calorias.

Escondidinho de Mandioquinha

Fernando Moraes/UOL
imagem: Fernando Moraes/UOL
Ingredientes: 2 mandioquinhas; 1 colher de sopa de requeijão; 1 tomate sem semente picado; 100 gramas de carne moída cozida e 2 colheres de sopa de parmesão ralado; ½ cebola e sal e azeite a gosto.

Modo de preparo: para fazer o purê, cozinhe as mandioquinhas com sal. Quando elas estiverem bem moles, amasse-as com um garfo e adicione uma colher de requeijão --quem for intolerante à lactose pode pular essa etapa. Refogue a carne moída com cebola, azeite e uma pitada de sal. Acrescente o tomate picado, pingue uma colher de sopa de água e deixe refogar por 15 minutos.

No potinho, faça uma caminha com o purê, deixando o meio mais fundo para acomodar a carne. Coloque a carne e, na sequência, mais uma camada de purê. Uma dica: para facilitar na hora da montagem, passe azeite nas colheres, assim o purê não grudará nelas.

Finalize com parmesão ralado e feche. Na hora de almoçar, basta aquecer no micro-ondas. Esse pote dura até cinco dias na geladeira. Ao contrário das saladas, que podem ser viradas em um prato, os pratos quentes ficam melhores se consumidos diretamente no vidro. “Use colheres com cabo comprido”, aconselha a nutricionista Maria Cecília.

Valor energético: 112 calorias.
Topo