Beleza

Calça apertada e chocolate dão celulite? Veja mitos e verdades dos furinhos

iStock
Imagem: iStock

Bárbara Stefanelli

Do UOL

22/05/2017 04h00

A celulite é uma temida vilã para a maioria das mulheres. Não importa o peso nem a idade: 98% das mulheres terão esses furinhos, em maior ou menor grau, após a puberdade. O que mais incomoda nessa inflamação na gordura, claro, é a aparência da pele -- que fica com cara de "casca de laranja". Veja dez mitos e verdades:

Fontes: Claudio Wulkan, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e do Hospital Albert Einstein; Letícia Mendes, nutricionista da Estima Nutrição; Guilherme Munhoz, educador físico da Bodytech.
 

  • A culpa é da genética?

    Verdade: Existe, sim, um componente genético e, por isso, a celulite é mais presente em umas famílias do que em outras. Mas não é só isso: estilo de vida, hábitos alimentares e de exercícios influenciam no aparecimento dos furinhos.

  • Pessoas magras não têm celulite?

    Mito: Quem tem peso maior, está engordando ou tem tendência a reter líquido costuma ter mais celulite. Mas as magras também são vítimas desse mal, que nada mais é que uma manifestação de pequenos nódulos de gordura que ficam inchados e, às vezes, levemente inflamados. E isso pode acontecer com qualquer uma.

  • Drenagem linfática faz efeito?

    Verdade: Alguns tratamentos feitos em clínicas estéticas, como a drenagem, realmente ajudam. O problema é que a pessoa faz o programa, há uma melhora intensa e, alguns meses depois, os furinhos voltam, porque a causa não foi tratada. Para resolver mesmo, valem as regras antigas e básicas de perda de peso: boa alimentação e exercícios físicos. Se tudo isso for aliado à drenagem, melhor ainda.

  • Calça skinny provoca celulite?

    Verdade: Tudo que piora e circulação e a drenagem piora a celulite. Ou seja, roupas apertadas, calças justas e cintos pequenos demais causam o aparecimento delas. Mulheres que ficam muito tempo sentadas ou são sedentárias também costumam ter graus mais intensos do que quem faz exercícios físicos.

  • Homens estão imunes?

    Mito: Por causa das fibras de colágeno, que são diferentes em homens e mulheres, a celulite é muito mais visível nelas do que neles. Dificilmente você enxergará furinhos na superfície da pele de um homem que está ganhando peso -- mas eles têm celulite, sim.

  • Doces pioram a situação?

    Verdade: Isso acontece por causa do nível alto de açúcares desses alimentos, que o corpo armazena em forma de gordura, aumentando o aparecimento da celulite. Comidas com muito açúcar e toxinas geram excesso de gordura no organismo. Então, além de doces -- incluindo chocolate! --, é bom evitar bebidas alcoólicas, frituras, refrigerantes, sucos adoçados, carboidrato de alto índice glicêmico ou em excesso.

  • Cremes funcionam?

    Mito: Por mais caros ou fortes que sejam, eles são pouco eficazes. É muito difícil que o creme atravesse todas as camadas da pele e vá até dentro da gordura, em que deveria agir.

  • Exercícios ajudam a melhorar a aparência dos furinhos?

    Verdade: Atividades para fortalecer os músculos, perder gordura ou com gasto calórico alto ajudam a diminuir celulite. A musculação é a mais indicada, porque nela é possível personalizar os exercícios e analisar a área que precisa de atenção. Mas sem deixar o aeróbico de lado, que acelera os resultados.

  • Beber água ajuda?

    Verdade: O corpo precisa de água para manter o equilíbrio natural e ajudar a eliminar toxinas capazes de causar celulites. Essas toxinas estão presentes em alimentos, como nos industrializados, e nas gorduras.

  • Roupas especiais funcionam?

    Mito: Não há grandes estudos que comprovem sua eficácia. O dermatologista Claudio Wulkan é enfático: "A ciência por trás publicada em eventos médicos sobre estas peças especiais é quase nula. O ganho é muito pequeno, se é que existe".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
UOL Estilo
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
ANSA
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo