Beleza

Mar Morto é fonte para tratamentos de beleza e estética

DÉBORA COSTA E SILVA

Enviada especial a Israel *

26/10/2011 21h28

Localizado entre Israel e Jordânia, o Mar Morto tem atraído cada vez mais turistas interessados em tratamentos estéticos. É frequente se deparar com visitantes experimentando os benefícios de seus sais e sua lama, seja no conforto luxuoso dos spas de hotéis que cercam a região, ou em suas praias, de maneira mais informal.

A atração tem características bem particulares: fica a cerca de 400 metros abaixo do nível da superfície e a alta quantidade de sal presente em suas águas (a salinidade é de 33%, dez vezes maior que a dos oceanos) inviabiliza qualquer tipo de vida no ambiente – por isso o local é conhecido como “morto”. (Saiba mais sobre o destino)

“Não há peixes ou bactérias: isso faz com que essa água tenha propriedades cicatrizantes, antissépticas e anti-inflamatórias”, explica o farmacêutico e cosmetólogo Maurício Pupo, pesquisador do Instituto Maurício Pupo de Educação e Pesquisa (IPUPO), em Campinas (SP).

No Mar Morto estão presentes 21 minerais (12 deles encontrados apenas ali), o que faz com que suas águas sejam consideradas terapêuticas, pois são ricas em sódio, iodo, potássio, magnésio, bromo, cálcio e enxofre.

Segundo Pupo, sódio é um bom hidratante, o iodo serve como antisséptico e o magnésio como calmante. O cálcio e o enxofre ajudam no processo de renovação celular, ou seja, eliminam as células mortas. Todos esses elementos combinados na mesma água, portanto, intensificam seus benefícios.

Pessoas com doenças reumáticas e psoríase são as que mais aproveitam as propriedades medicinais da água do Mar Morto. O poder cicatrizante e hidratante dessa água faz com que muitos viajem até lá apenas com esse objetivo e acabem passando temporadas mais longas para que o tratamento funcione melhor.

Não é recomendado, no entanto, mergulhar no mar. O contato da água extremamente salgada com os olhos causa muita ardência. A permanência na água também não deve ser longa: contente-se com uma hora no máximo. Além do fato de a água salgada incomodar após um período, é mais eficaz banhar-se diariamente do que muitas horas no mesmo dia.

  • Israel Tourism/Divulgação

    A aplicação da lama negra quente serve para relaxar e descontrair os músculos

Lama

Além dos sais, no fundo do Mar Morto há uma grande quantidade de lama negra que também é utilizada em tratamentos dermatológicos e estéticos graças às suas propriedades medicinais.

“Tudo o que vem da terra é rico em energia. O contato com a terra já dá uma sensação de bem-estar. E essa lama é rica em enxofre, um dos minerais que estimulam a renovação celular”, explica Pupo.

Após a aplicação da lama, nota-se que a pele fica mais lisa, clara e com aspecto saudável, como se tivesse passado por uma esfoliação. É como se a argila sugasse as toxinas que estão na pele, acelerando um processo que o corpo naturalmente já faria.

Aplicação

Nos spas da região, são oferecidas as massagens relaxantes tradicionais e as incrementadas com as aplicações de lama pelo corpo ou rosto. A massoterapeuta Bibiana Bilionsly, que atende no spa do Hotel Daniel Dead Sea, afirma que os tratamentos mais realizados são peeling (corpo), aplicação de argila quente e massagem aromática - apesar de que o primeiro contato com a lama serve mais para relaxar e descontrair os músculos.

Se não puder usufruir de um tratamento em um spa não se preocupe. O melhor jeito de se beneficiar com a água do Mar Morto é da maneira tradicional: boiando em sua superfície. Quanto à lama, muitos compram pacotes com a substância e aplicam na praia, durante o banho de sol.

Além disso, diversos tipos de cosméticos foram desenvolvidos a partir da água e da lama do Mar Morto. Há desde hidratantes, esfoliantes e cremes rejuvenescedores até xampus, protetores solares e maquiagem. Os produtos não oferecem a mesma eficácia da água e argila por conta da adição de conservantes, mas podem ser uma boa solução para quem não pode viajar até lá com a frequência desejada.

* A jornalista viajou a convite do Ministério de Turismo de Israel

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
Redação
Blog Luciana Bugni
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
Blog Luciana Bugni
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Luciana Bugni
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Luciana Bugni
Blog do Rodrigo Cintra
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Luciana Bugni
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
Blog Luciana Bugni
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
Topo