Beleza

Dieta detox ajuda a melhorar pele e cabelos; conheça algumas verdades sobre a modalidade

Thinkstock
Além de ajudar a queimar gordurinhas extras, a dieta detox - que tem baixa ingestão de gorduras e alto consumo de antioxidantes - ajuda a melhorar o aspecto da pele e cabelos Imagem: Thinkstock

Shâmia Salem

Do UOL, em São Paulo

14/03/2012 16h44

As dietas detox são as preferidas do momento por quem cometeu exageros alimentares e quer se ver livre de gordurinhas extras e, de quebra, melhorar a qualidade da pele e dos cabelos. Veja a seguir, sete verdades sobre a modalidade comentadas por especialistas no assunto.

1. Dá para notar a melhora da celulite a partir de sete dias
“Isso acontece porque a dieta é rica, principalmente, em frutas vermelhas, como morango, uva e açaí, que melhoram a circulação sanguínea, e folhas verdes, como couve, espinafre e rúcula, que ajudam na eliminação de toxinas”, diz a nutricionista funcional Isabella Correia, da clínica Patrícia Davidson, no Rio de Janeiro. Em tempo: essas toxinas desencadeiam um processo inflamatório que agrava os furinhos e interfere nos hormônios que regulam o metabolismo, o que intensifica a retenção de líquido e o aspecto ondulado da pele.


2. Reduz a acne e controla a oleosidade da pele após duas semanas
Na verdade, qualquer dieta balanceada e pobre em gordura promove esse efeito. “O diferencial da detox é que, como ela também contém antioxidantes, caso da vitamina C, do licopeno e do selênio, desacelera o envelhecimento da pele”, afirma a dermatologista e cirurgiã capilar Leila Bloch, do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

3. Põe um freio na queda capilar
Tal efeito também tem a ver com a baixa ingestão de gordura e o alto consumo de antioxidantes. “Essa combinação combate os radicais livres, que aceleram o envelhecimento do fio, deixando-o quebradiço e opaco, e diminui a oleosidade no couro cabeludo que, por sua vez, estimula a caspa e a queda capilar”, diz a cirurgiã capilar Leila Bloch.  

4. Não é considerada uma dieta da moda
Segundo a nutricionista funcional Luciana Harfenist, do Rio de Janeiro, a detox é elaborada com base na bioquímica e na fisiologia humana. “Por isso, deve ser individual e prescrita por um nutricionista após uma avaliação completa do paciente”, afirma ela, que é coordenadora do curso de pós-graduação em nutrição ortomolecular da Fundação de Apoio à Pesquisa e Estudos na Área da Saúde (FAPES).

5. Melhora o funcionamento do intestino
“Isso acontece por causa da alimentação proposta pela dieta, feita com ingredientes naturais, de preferência frescos, integrais e orgânicos, e com baixo consumo de produtos industrializados, fritura e açúcar. Além disso, a detox prega a ingestão de cerca de dois litros de água potável, mineral ou filtrada por dia”, conta o médico especialista em nutrologia e tratamento ortomolecular Abib Maldaun, de São Paulo.

6. Nos primeiros dias de dieta é comum ter dor de cabeça, falta de energia e irritabilidade
A nutricionista Isabella Correia diz que esses sintomas surgem porque, para desintoxicar, o organismo libera as toxinas para a corrente sanguínea, que se encarrega de levar o ‘lixo’ até os órgãos excretores, como intestino e rins. “Justamente por isso a detox é contraindicada para grávidas, crianças com menos de 10 anos de idade e pessoas desnutridas, em tratamento de câncer ou com problemas renais”, completa a expert.

7. Todo mundo deveria fazer pelo menos uma vez por ano
O objetivo é ajudar o organismo a eliminar as toxinas geradas pela poluição, cigarro, agrotóxicos e medicamentos, entre outros. “O acúmulo de substâncias estranhas interferem no funcionamento das células, o que pode trazer diversas consequências, como vermelhidão da pele, acne, prisão de ventre, diarreia e dificuldade para emagrecer”, diz a nutricionista Luciana Harfenist. Segundo ela, a desintoxicação, que deve ser feita por três semanas, promove alívio de dores musculares, da tensão pré-menstrual, enxaqueca, fadiga, depressão, insônia, compulsão alimentar, cãibra e da psoríase, além de melhorar o sono, o humor, a memória, a imunidade, a libido e a concentração.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
UOL Estilo
BBC
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
ANSA
do UOL
do UOL
Topo