Beleza

Tratamentos prometem transformar o sorriso em poucos dias e sem muito trabalho

Divulgação
A modelo Michele Carvalho antes e depois de colocar facetas nos dentes tortos, pequenos e separados: "Em 30 dias ganhei um sorriso novo e melhorei minha autoestima." Imagem: Divulgação

Shâmia Salem

Do UOL, em São Paulo

Mesmo com a estimativa de que 27 milhões de brasileiros nunca foram ao dentista, segundo a Associação Brasileira de Odontologia, a procura por serviços estéticos, como clareamento e correção dos dentes, só faz crescer. Parte estimulada pelos preços mais acessíveis e resultado rápido, parte pelo desejo de ter um sorriso tão sedutor quanto o das celebridades – entre elas, aliás, virou moda confessar que passou por um tratamento transformador, como foi o caso das atrizes Flávia Alessandra, Tania Khalill, Daniele Suzuki, Cris Vianna, Gabriela Duarte e Giovanna Ewbank; dos atores Ricardo Tozzi, Malvino Salvador e Guilherme Berenguer; e das modelos Ana Claudia Michels e Mariana Weickert.

Para quem quer soltar o riso sem medo, mas sem dar na cara que passou por uma “transformação total”, o dentista Julio Pedra e Cal Neto, professor da Universidade Federal Fluminense (UFF), no Rio de Janeiro, diz que existem basicamente três tipos de clareamento dentário: o caseiro, que, apesar do nome, é supervisionado pelo dentista; o profissional, feito no consultório; e o realizado com produtos comprados sem prescrição em supermercados e farmácias. “O primeiro, feito com moldeira de silicone besuntada de gel de peróxido de carbamida a 10%, é o único com o selo de garantia da American Dental Association. Por outro lado, as técnicas de laser, LED ou luz halógena são destaques quando se quer um resultado imediato”, completa Julio Pedra e Cal Neto. O segredo de tal rapidez está na energia emitida pelo aparelho que ativa a substância clareadora e acelera a degradação dos pigmentos que escurecem o dente. O número de sessões varia de acordo com o método e a expectativa do cliente, sendo que há casos que são resolvidos em uma única aplicação.

Sem laser
Fã confesso da moldeira caseira, o dentista Marcelo Kyrillos, do Ateliê Oral, em São Paulo, que acabou de lançar o livro A arquitetura do sorriso (editora Quintessence, R$ 340), conta que o gel penetra mais no dente a cada dia. “Os estudos recentes mostram que essa técnica continua sendo a que mais clareia o sorriso e por mais tempo, cerca de três anos, de acordo com os hábitos alimentares da pessoa e o fato dela fumar ou não. Já o laser atua somente no esmalte e pode prejudicar a polpa dental por causa do aquecimento”, afirma ele. Na prática, o gel é colocado na moldeira, que é encaixada nos dentes por 30 minutos, durante pelo menos 21 dias. “Nessa fase pode ocorrer um aumento da sensibilidade dentária, que desaparece ao fim do tratamento”, diz Kyrillos. Em tempo: o método caseiro custa, em média, R$ 2,5 mil contra R$ 1,5 mil do laser, conforme pesquisa realizada em dezembro pela equipe de reportagem em consultórios de todo o país; é contraindicado para grávidas, lactantes e para quem tem muitas restaurações de resinas nos dentes da frente. Já o efeito aparece em uma semana, sendo que cada dente tem um limite de clareamento.

A opção para quem tem retração gengival ou quer clarear somente alguns dentes é o X-Booster, da Ultradent. Trata-se de um gel de peróxido de hidrogênio a 38% que apresenta resultado em três sessões feitas no consultório, com intervalo de sete dias entre elas. “A substância penetra no esmalte e na dentina, onde libera oxigênio para quebrar as moléculas responsáveis pelas manchas. Ela ainda contém flúor e micro nitrato de potássio, uma combinação que comprovadamente reduz a sensibilidade e contribui para a recuperação do esmalte do dente”, diz o cirurgião dentista Mario Groisman, do Mario Groisman Odontologia, no Rio de Janeiro. O clareamento alcançado é de até três tons e o preço transita entre R$ 2 mil e R$ 3 mil, segundo pesquisa do UOL.

Já se o desejo é de ter dentes superbrancos, a faceta de porcelana é uma boa pedida. “Também chamada de lente de contato por ser extremamente fina, ela é colada sobre o esmalte sem a necessidade de desgastar o dente”, afirma Marcelo Kyrillos. Segundo ele, essa mesma faceta pode ser usada para fazer correções, como aumentar o tamanho e o volume dos dentes; fechar espaços entre eles; alterar formas; completar desgastes ou corrigir defeitos na boca inteira, inclusive a mordida sobre os dentes na parte de trás da boca. “E a lente de contato não precisa ser usada inteira, apenas um pequeno pedaço dela, quando passa a ser classificada como fragmento. Mas seja qual for o caso, é impossível perceber a faceta a olho nu e até passando a língua sobre os dentes”, afirma o cirurgião dentista Dario Adolfi, do Spazio Odontológico, em São Paulo. Porém, o tratamento, que é realizado em uma ou duas semanas, deve ser evitado por quem tem dentes manchados ou extremamente restaurados. O preço da beleza gira em torno de R$ 4,5 mil por faceta, conforme pesquisa da equipe de reportagem.

Cuidado em casa
Se falta dinheiro para investir num clareamento profissional, o realizado com produtos vendidos sem prescrição não fazem feio. Pelo contrário. “Há muitas opções, sendo que a maioria é indicada para a remoção e prevenção de manchas e são eficazes devido à maior concentração de abrasivos em comparação com os produtos convencionais. Mas o uso deve ser controlado e temporário, para não provocar dor, hipersensibilidade ou retração gengival”, alerta Julio Pedra e Cal Neto. Ele completa: “Se o objetivo é o branqueamento, o ideal é optar por creme dental, enxaguante bucal ou tiras adesivas que contenham agentes clareadores, como o peróxido de hidrogênio. Na dúvida sobre qual levar para casa e por quanto tempo usar, consulte seu dentista”.

Vale lembrar que independentemente do método de clareamento escolhido, ele só deve ser feito se a sua boca estiver saudável. A presença de doenças nas gengivas, como inflamação ou retração, ou nos dentes, caso de cárie, contraindica qualquer procedimento estético.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
Beleza
do UOL
do UOL
Topo