Beleza masculina

Cortes e truques podem disfarçar a perda de cabelo nos homens

Getty Images
O cabelo mais comprido e modelado no topo da cabeça e o corte em camada nas laterais disfarçam bem a escassez lateral do ator norte-americano Robert Downey Jr. Imagem: Getty Images

Shâmia Salem

do UOL, em São Paulo

22/05/2013 07h05

Nem o Homem de Ferro Robert Downey Júnior escapou da rarefação dos fios nas laterais da cabeça. Sorte que o ator teve a sacada característica de um super-herói e, em vez de esconder, disfarçou o problema, deixando o cabelo mais longo na parte da frente. A estratégia é perfeita para quem tem cabelo liso, que cai naturalmente, cobrindo as falhas.  A estratégia também pode ser usada por quem tem entradas. Daí a explicação de evitar o corte curto, como o do ator Paulinho Vilhena, que evidenciou as entradas e o envelheceu.

  • AgNews

    Os fios curtinhos de Paulinho Vilhena evidenciam as entradas e envelhecem o ator

Outro bom truque é aplicar um produto que encapa o fio, para que ele pareça mais grosso, ocupe espaço e deixe menos couro cabeludo à mostra. “Na prática, você pode usar gel líquido de fixação suave no cabelo úmido ou pomada seca se ele já estiver seco. Seja qual for a escolha, coloque uma pequena quantidade do cosmético na palma de uma mão, esfregue-a na outra e espalhe do meio para a ponta do cabelo. Ajeite com os dedos ou o pente de dentes largos sem esticar demais para não perder o volume, que também ajuda a camuflar as entradas”, explica o cabeleireiro Julio Crepaldi, do salão Galeria, em São Paulo.

Cacheados e ondulados

Em ambos os casos, o comprimento deve ficar entre dois e três centímetros, no máximo, para manter o formato do cabelo e dar um pouco de volume na parte da frente, onde os fios estão mais finos. “Isso garante que o cabelo ocupe uma região maior da cabeça e ajude a cobrir os vãos deixados pelas entradas. Depois, basta aparar os lados e atrás para que o visual fique equilibrado e não como o do príncipe William”, diz o cabeleireiro David Mello, o salão Ophicina do Cabelo, no Rio de Janeiro. A finalização pode ser feita com mousse suave, gel líquido ou leave-in, aplicados em pequena quantidade, sem tocar o couro cabeludo e amassando as pontas com as mãos em direção à raiz ou puxando-as para cima e para os lados, como faz o ator Jude Law. Deixe secar ao natural e, se quiser, dê uma soltada de leve passando os dedos entre os fios, para não bagunçar nem armar demais.

O plano muda para o crespo, que geralmente não pode ficar longo devido ao volume excessivo. “Ele pode ficar um tiquinho mais comprido do que o habitual e ser puxado de leve para frente com o auxílio de um leave-in. Tudo para diminuir o espaço vago sem ficar parecendo o personagem Lino, do desenho Charlie Brown”, alerta David Mello.

Solução radical

  • Getty Images

    Jude Law tem os cabelos ondulados e os modela puxando para cima e para os lados

Acha que raspar a cabeça pode ser melhor opção? Tudo bem, desde que faça o teste nas férias, quando você não precisa se preocupar tanto com a aparência nem com a tiração de sarro dos colegas do trabalho. Quer experimentar uma peruca? Ok, desde que ela seja confeccionada com cabelo natural e sob medida para o tamanho e formato da sua cabeça.

Seja qual for a sua decisão em corte e penteado, estas três regras valem ouro: jamais use pente de dentes finos, que deixa os fios unidos e ainda mais vãos na cabeça; limite-se a repartir o cabelo de lado seguindo uma linha imaginária que sai do ponto mais alto da sua sobrancelha; e não deixe o penteado muito certinho. “Depois de pentear passe a mão no cabelo delicadamente, só para dar uma leve desorganizada e deixar os fios mais separados. Isso faz mágica no visual de quem tem entradas”, afirma o cabeleireiro David Mello.

Entrada nem sempre é prenúncio de calvície

“A careca vai depender da genética e do estilo de vida da pessoa, como o nível de estresse e o uso de alguns medicamentos. Daí a importância de consultar um especialista para verificar se há indicação de fazer um tratamento antiqueda”, avisa a dermatologista Sara Bragança, do Rio de Janeiro. Se seu cabelo mudou e você está em dúvida se tem mesmo entradas, ela esclarece: “A característica principal do problema é quando a linha que separa a testa do cabelo começa a ficar rarefeita na lateral da cabeça e bem diferente do contorno que se tinha na adolescência”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Glamurama
UOL Mulher - Beleza
do UOL
Beleza
Vírgula - Moda e Beleza
Revista Cabelos & cia
Revista Cabelos & cia
Empreendedorismo - do UOL
AFP
do UOL
Beleza
do UOL
Site RG
Beleza
Beleza
Beleza
Empreendedorismo - do UOL
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Vírgula
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Chic
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Beleza - Álbuns
UOL Mulher - Beleza - Álbuns
do UOL
Beleza
do UOL
BBC
Topo