Beleza

Hit nas mesas de bar, cerveja é base de cosméticos e tratamentos estéticos

iStock Images
A cerveja está aparecendo cada vez mais nas fórmulas de cosméticos; moda ou não? Imagem: iStock Images

Carol Salles

Do UOL, em São Paulo

Pode acreditar: há quem jure que abrir uma lata de cerveja e jogar o líquido sobre os fios os deixa mais encorpados, hidratados e brilhantes. Se a ideia parece bizarra para você, pode ir se acostumando. É que a cerveja está virando, de fato, queridinha da indústria cosmética e aparecendo como ingrediente em uma série de produtos, especialmente xampus e condicionadores.

No exterior e no Brasil
A iniciativa, muitas vezes, parte das próprias fabricantes da bebida. É o caso da dinamarquesa Carlsberg, que lançou uma linha de 3 produtos: xampu, condicionador e loção hidratante. Segundo a empresa, cada frasco de cosmético contém meio litro de cerveja. “A bebida é congelada em nitrogênio líquido, de onde são extraídos vitaminas, minerais e proteínas. Depois, estas substâncias são adicionadas aos cosméticos”, diz o farmacêutico Lucas Portilho, especialista em Cosmetologia, de São Paulo.

Dentre as gigantes do setor, a linha de cosméticos da Carlsberg ainda é um caso único. No entanto, não faltam produtores de cosméticos em escala artesanal ao redor do mundo - inclusive no Brasil - que lançaram recentemente produtos com cerveja. A Sal da Terra, uma saboaria no Rio Grande do Sul, é uma delas. “Usamos uma cerveja artesanal produzida localmente. Na Europa isso é muito comum”, diz a farmacêutica e proprietária da empresa Aline Bolzan.

Efeitos
Embora mulheres sejam tão fãs da bebida quanto homens, a maioria dos cosméticos à base de cerveja têm o público masculino como alvo. Especialistas, no entanto, garantem que seus efeitos podem beneficiar ambos os gêneros. “A bebida contém lúpulo, cevada e leveduras, ingredientes ricos em sais minerais e vitaminas, principalmente as do complexo B. Elas são muito úteis na hidratação, cicatrização e regeneração da pele”, afirma a dermatologista Giana Campoi, de São Paulo. Para os cabelos, a cerveja restaura fios danificados, diminuindo o frizz, além de dar volume e brilho.

Nos consultórios dermatológicos, a bebida também começa a atrair a atenção. Desenvolvido na França e novidade no Brasil, o peeling de cerveja promete ajudar no clareamento da pele e evitar que manchas voltem depois de clareadas. Feito a partir de um derivado do lúpulo-- o ingrediente que dá o sabor amargo -- é antioxidante e ajuda a combater vários tipos de manchas, como melasma, sardas e hiperpigmentações pós-inflamatórias (caso das manchas amarronzadas causadas por acne).

“Costumo associar o ativo ao laser fracionado não-ablativo, isto é, que não agride a camada externa da pele”, diz a dermatologista Fabiana Pietro, de São Paulo. “O peeling, aplicado por 10 minutos após o laser, potencializa a ação do laser e garante resultados mais rápidos e eficientes”, diz. Segundo a médica, o peeling pode ser feito em qualquer fototipo, ou seja, desde peles brancas até negras.

O ativo derivado do lúpulo também pode ser usado em casa, em fórmulas manipuladas como séruns ou espumas. Nesses casos, a concentração do ativo é menor do que o utilizado em consultório. “Ele funciona como coadjuvante ao tratamento médico ou para quem deseja deixar a pele mais iluminada e com um tom mais uniforme”, diz a farmacêutica Sara Vanzin, de São Paulo.

Moda?
Antes de abastecer o banheiro com produtos à base de cerveja, porém, é bom saber que alguns especialistas acreditam que essa é apenas uma moda. E que, como toda tendência, ela deve passar. “O efeito, tanto para pele quanto para cabelo, não é novo, muito menos milagroso”, diz Lucas Portilho. “Na minha opinião, existem outros ativos com maior poder de penetração. Acho que existem produtos mais efetivos e com propostas mais bem definidas”, finaliza a dermatologista Giana Campoi.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
Beleza
Beleza
do UOL
Beleza
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Beleza
BBC
Beleza
do UOL
do UOL
UOL Estilo
Beleza
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo