Beleza

Os cuidados especiais para fazer tatuagem em pele negra, como a de Rihanna

Getty Images
A cantora Rihanna é fã de tatuagens e tem a mão direita preenchida pelo desenho permanente Imagem: Getty Images

Helô Oliveira

Colaboração para o UOL

07/01/2017 04h05

Fazer uma tatuagem é coisa séria. Você precisa escolher um desenho que combine com seu estilo, encontrar um profissional gabaritado e dar adeus a qualquer encanação antes de enfrentar a agulha. Caso você tenha a pele negra, o cuidado deve ser redobrado. “Há características específicas que podem comprometer o processo de cicatrização e o resultado da tatuagem”, alerta a dermatologista Paula Chicralla, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

Segundo Paula, os negros têm uma propensão maior a queloides, que são proliferações fibrosas que podem surgir após traumas, como a tatuagem ou marcas de cirurgia, vacina, queimaduras e ferimentos. Esteticamente, elas parecem uma extensão elevada da cicatriz.

“Quando há um trauma, o organismo produz colágeno para repará-lo, como se fosse um cimento. Até aí tudo bem. O problema é que a pele negra produz esse colágeno além do necessário e é esse excesso que desencadeia a queloide”, explica o dermatologista Luis Fernando Tovo, do Hospital Sírio-Libanês.

A tez escura também possui mais glândulas sudoríparas, responsáveis pela produção de suor, e, por isso, costuma ser mais oleosa. “Essa oleosidade dificulta o processo de cicatrização da tatuagem”, diz Paula.

Cuidados pré-tattoo
Para garantir uma boa recuperação, verifique se não há histórico de queloides ou problemas de cicatrização na sua família. Se você tiver alguma doença de base, como lúpus ou psoríase, a tatuagem é contraindicada. “Há grandes chances de que elas também se desenvolvam no local onde a pessoa foi tatuada. Nós chamamos isso de Efeito Koebner”, destaca Luis Fernando.

 

Certifique-se de que o tatuador e o estúdio escolhidos são de confiança. Visite o local, converse com clientes e faça pesquisas na internet. “Cheque se ele tem autorização de funcionamento expedida pela Secretaria Municipal de Saúde e pela Vigilância Sanitária. Se possível, observe o tatuador trabalhar, veja se ele não reaproveita a tinta, se o espaço é bem higienizado e se os materiais são descartáveis”, aconselha a dermatologista Valéria Campos, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Também é fundamental que você cuide bem da pele antes de tatuá-la. Valéria aconselha verificar se o local escolhido para desenhar está sadio (sem queimaduras ou alergias) para que a tatuagem não venha a piorar esses problemas. “Evite tomar sol nas semanas que antecedem a sessão. Além do processo se tornar ainda mais dolorido, a tez avermelhada não é uma boa tela para fazer um desenho e pode afetar o resultado”, indica o tatuador Chiquinho, do Soul Tattoo.

Na hora do “vamo vê”
No momento de tatuar, é preciso considerar que a pele negra possui mais melanina, proteína responsável pela pigmentação. “A tinta da tatuagem é depositada na derme, a segunda camada da pele. Essa camada funciona como um filtro para as cores, podendo alterá-las. Quanto maior a concentração de melanina, maior vai ser essa alteração”, ressalta o tatuador Rico Fogaça, da Time Flies Tatuagens, de São Paulo.

Dependendo da cor utilizada, o desenho pode não aparecer ou dar a impressão de que está desbotado. Para garantir, vá de preto ou cinza. Se quiser fazer uma tattoo colorida, opte por tons frios e escuros, como azul e roxo, que vão contrastar com o fundo quente da pele.

“A tatuagem dificulta a detecção do desenvolvimento do câncer de pele, por isso não é aconselhável fazer sobre pintas, verrugas ou marcas de nascença”, complementa Paula. Evite regiões em que há acúmulo maior de pele ou que já apresente sinais de flacidez, já que o resultado pode ficar comprometido. “O tatuador irá esticar essa pele para tatuar e, quando ela voltar ao estado natural, o desenho pode ficar diferente do imaginado.”

Depois de fazer a tattoo
Os cuidados pós-sessão são essenciais para que o local cicatrize bem e o desenho se mantenha intacto. Segundo Chiquinho, as recomendações variam de acordo com o tatuador, mas todos concordam que a limpeza da área, principalmente na primeira semana, é essencial. “O ideal é usar um sabonete com o qual você já está acostumado, para evitar uma possível alergia, enxaguar bem e secar o local usando papel toalha, sem esfregar”, ensina. O plástico de cobertura, tipo PVC, deve ser usado por três dias para proteger o local.

A partir do terceiro dia, o tatuador indica o uso de pomadas específicas para uma cicatrização saudável, formulada com ingredientes hidratantes e vitaminas. “Fuja de versões com textura muito oleosa, que deixam a pele suscetível a espinhas”, diz.

O uso de corticoide não é indicado pelo tatuador, já que pode interferir na cicatrização natural e alterar o resultado da tatuagem. Porém, é importante ficar atento ao processo de regeneração e, ao sinal de qualquer problema, consultar um dermatologista para que um medicamento seja receitado.

Além do cuidado com a higienização da área, é importante não se expor ao sol ou entrar no mar e na piscina por até 20 dias para evitar qualquer tipo de contaminação. “E, claro, use hidratante e protetor solar sempre”, acrescenta a dermatologista Célia Kalil, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Moda
do UOL
Moda
do UOL
do UOL
Blog Luciana Bugni
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
Blog Luciana Bugni
Beleza e maternidade
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Erratas
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
Blog Luciana Bugni
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Beleza
do UOL
UOL Mulher - Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Erika Bronze
Blog Luciana Bugni
Blog do Rodrigo Cintra
Da cor do Brasil
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo