Beleza

Peladões param a Oscar Freire em campanha contra excesso de embalagens

Divulgação
Imagem: Divulgação

Thalita Peres

Do UOL, em São Paulo

06/02/2017 13h18

Entre famílias, cachorros de raça e carros importados, uma cena nada comum chamou a atenção de quem passou pela rua mais luxuosa do Brasil -- a Oscar Freire, localizada no bairro dos Jardins, em São Paulo -- no último fim de semana: a marca de beleza Lush tirou a roupa de seus funcionários para conscientizar a população sobre a produção excessiva de embalagens, principalmente na indústria de cosméticos.

Em entrevista ao UOL, Zé Osmar, um dos vendedores da loja, contou que rolou de tudo um pouco: vergonha, cantadas e, claro, resultado positivo da ação. “Fiquei com vergonha no início. Além de representar a campanha, ficar nu em público tem a ver com aceitação do corpo. Mas depois de um tempo, a maioria das pessoas nem notava mais que estávamos pelados. Afinal, todo mundo tem bunda, né?”.

Ficar nu, usando apenas um avental escrito 'Pergunte-me porque estou pelado', em plena Oscar Freire não foi tão fácil assim. “Ouvíamos piadinhas a todo momento. Cantadas só fiquei sabendo por cima de um caso e, logo, o time contornou a situação de maneira bem leve”. 

Letícia Sanchez, gerente de comunicação de marca regional da Lush, afirmou que o convite para a ação aos funcionários foi feita de maneira respeitosa. “Deixamos claro que a participação seria voluntária. Eles toparam de primeira e ficaram muito empolgados. Foi uma experiência inusitada e divertida, porém com um propósito firme”. 

A campanha, que é intitulada #veraopelado, mostra que as embalagens descartáveis coloridas, normalmente confeccionadas em plásticos, leva mais de 400 anos para se decompor no meio ambiente. 

Os peladões lançaram a campanha na época de Carnaval já que, segundo a marca, no Carnaval do ano passado, o Rio de Janeiro produziu mais de 900 toneladas de lixo em apenas um mês de comemoração. 

A mesma ação, com funcionários pelados, já aconteceu em outras lojas da Lush na África do Sul, Reino Unido e Austrália. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Topo