Beleza

Sem corte nem cirurgia: 6 técnicas para afinar e definir o rosto na clínica

Juliana Coutinho/Divulgação
Fernanda Souza Imagem: Juliana Coutinho/Divulgação

Débora Lublinski

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/06/2017 04h00

Muitas famosas estão apostando em tratamentos para remodelar o rosto. Recentemente, a atriz e apresentadora Fernanda Souza, 33, fez uma combinação de técnicas para afinar o rosto. Em vez de encarar uma cirurgia, ela apostou em alternativas menos agressivas, sem muita dor e de rápida recuperação, como radiofrequência e luz pulsada. Eles prometem acabar com a papada, deixar o contorno bem definido (sem aquele efeito buldogue!), suavizar o formato arredondado e combater a flacidez e o envelhecimento.

Além desses, há diversos métodos em clínicas de estética e consultórios dermatológicos. Baratos não são, mas dão resultado. Conheça seis técnicas:

Ultrassom + radiofrequência facial

O que é: combinação de dois tratamentos com aplicadores específicos para a face. "O ultrassom emite ondas sonoras que causam vibrações no tecido adiposo. Isso aumenta o metabolismo local, esvaziando as células de gordura nas bochechas e na papada", explica a fisioterapeuta dermato-funcional Aline Olivetto, coordenadora do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da Siluets Estética, em São Paulo. Já a radiofrequência age nas fibras de colágeno, combatendo a flacidez. Resultado: levanta-se a expressão facial.
Indicação: afinar o rosto, definir as bochechas e a linha da mandíbula, combater a flacidez facial e diminuir a papada.
Número de sessões: de 6 a 10 de cada técnica.
Quanto tempo dura: de 6 meses a 1 ano.
Preço médio: R$ 99 e R$ 77, respectivamente.

Preenchimento com ácido hialurônico

O que é: além de preencher rugas, o ácido hialurônico é a substância mais estudada e segura para dar volume ao rosto. "Para o efeito de remodelamento facial, preenchemos pontos específicos e criamos pontos de luz. Funciona de forma semelhante à maquiagem, destacando algumas áreas e camuflando outras", diz Daniel Dziabas, dermatologista de São Paulo. Se o objetivo é afinar, injeta-se o produto nas maçãs do rosto, criando a impressão de triângulo invertido. "No queixo também alonga o rosto, suavizando feições arredondadas", sugere.
Indicação: afinar o rosto, dar mais proporção à fisionomia, repor volume nas bochechas, suavizar rugas, definir a linha da mandíbula, entre outras.
Número de sessões: uma, com eventuais retoques.
Quanto tempo dura: cerca de 18 meses.
Preço médio: de R$ 2.500 a R$ 6.500.

Radiofrequência subdérmica

O que é: aparelho de radiofrequência "injetável" -- o calor emitido pelo equipamento é aplicado por baixo da pele com uma sonda térmica. "Ela aquece o tecido até uma temperatura elevada, mas controlada, estimulando a formação de colágeno novo e promovendo efeito antiflacidez", explica Thais Pepe, dermatologista de São Paulo. O tempo de recuperação é de cinco dias, em que a paciente fica com a pele inchada, dolorida e com eventuais hematomas.
Indicação: combater a flacidez do pescoço, das pálpebras e ao redor da boca, "levantar" as bochechas e definir o contorno do rosto.  
Número de sessões: uma.
Quanto tempo dura: de 1 a 2 anos.
Preço médio: a partir de R$ 10 mil.

Sculptra

O que é: tratamento injetável à base de ácido poli-L-láctico, uma substância absorvível pelo organismo e que estimula a produção de colágeno de dentro para fora. "Ao contrário do ácido hialurônico, que tem efeito preenchedor imediato, o Sculptra age a longo prazo. O resultado final aparece em cerca de 90 dias, quando a pele está mais firme e o contorno do rosto, definido", fala o dermatologista Daniel Dziabas.
Indicação: tratar a flacidez, marcar a linha da mandíbula e recuperar o volume na altura das maçãs do rosto.
Número de sessões: de 1 a 3.
Quanto tempo dura: 2 anos.
Preço médio: cerca de R$ 2 mil por sessão.

Smart Lift

O que é: laser de diodo aplicado por baixo da pele com uma fibra ótica muito fina, da espessura de um fio de cabelo. "A energia do laser atua de duas maneiras: liquefaz as células de gordura e estimula a formação de colágeno, melhorando a flacidez em até 30%", explica Francisco Augusto Aquino, cirurgião plástico formado pela Unesp Botucatu (SP). O procedimento é feito em consultório com anestesia local e os furinhos cicatrizam sem a necessidade de pontos.
Indicação: diminuir a papada (queixo duplo), suavizar rugas ao redor da boca, definir a linha da mandíbula e levantar a expressão.
Número de sessões: de 1 a 2, com intervalo de 30 dias.
Quanto tempo dura: cerca de 2 anos.
Preço médio: cerca de R$ 5 mil a sessão.

Ultrassom microfocado + laser Erbium intraoral

O que é: com a associação dessas duas técnicas, é possível agir na musculatura que dá sustentação à pele do rosto, além de estimular a formação de novo colágeno para combater a flacidez e fazer o lifting. "O laser Erbium é aplicado na mucosa oral, por dentro da boca, para dar mais firmeza às bochechas. Também simula um efeito semelhante à da bichectomia, cirurgia de remoção das bolas de Bichat, para afinar o rosto", fala Daniel Dziabas. Já o ultrassom microfocado é utilizado por fora, sobre a pele, e cria pontos de coagulação nos músculos, melhorando o tônus do rosto.
Indicação: afinar o rosto, diminuir a papada, definir a linha da mandíbula e combater a flacidez.
Número de sessões: uma.
Quanto tempo dura: até 2 anos.
Preço médio: a partir de R$ 4.500.


Bioplastia com PMMA: muito risco, pouco resultado

Com a promessa de dar volume às maçãs do rosto, aumentar os lábios e o queixo e definir o contorno da mandíbula, o polimetil-metacrilato, o PMMA, fez sucesso por seu caráter definitivo -- dura para sempre -- e preço baixo. Mas justamente por isso tem sido evitado. "Além de inúmeras complicações, como nódulos de tecidos endurecidos e inflamados, o PMMA pode ficar evidente ou até mudar de posição conforme envelhecemos. Isso deforma a face e limita as possibilidades de tratamentos depois de alguns anos", acredita o dermatologista Daniel Dziabas. O PMMA, hoje, tem indicações específicas, como a lipodistrofia em pacientes com HIV, sempre em pequenas quantidades.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Empreendedorismo - do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
UOL Mulher - Beleza
do UOL
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
Redação
BBC
do UOL
Redação
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Beleza
UOL Estilo
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
Topo