Beleza

Perfumes além do spray: versões em pasta, pó e até joias viram tendência

Getty Images
Imagem: Getty Images

Bárbara Tavares

Do UOL, em São Paulo

29/07/2017 04h00

“O que eu uso para dormir? Apenas duas gotinhas de Chanel nº 5”. A declaração de Marilyn Monroe ao jornalista Georges Belmont, em 1960, representa até hoje uma ode ao ritual de passar perfume. Mais do que apenas algumas borrifadas de spray, a nova tendência entre os aficionados por fragrâncias é revolucionar os formatos. Muito além do líquido, há perfumes em bastão, conta-gotas, roll-on, lenços umedecidos, pó solto e até em joias.

Andréia Miròn, coordenadora do curso “A Cultura do Perfume”, da Faculdade Santa Marcelina, em São Paulo, explica que a tendência é uma retomada às origens, já que as antigas civilizações do Oriente Médio já usavam óleos concentrados -- os attares -- como forma de perfumar-se. “Hoje as pessoas estão buscando novos formatos para ter uma impressão olfativa mais marcante. Tudo que foge ao convencional gera desejo, é mais exclusivo e seletivo”, completa.

Transporte mais fácil

Pastas, ceras e pós, são mais fáceis de se transportar, inclusive em avião -- já que não é preciso se preocupar com o limite de líquidos. “Há a facilidade de transporte, sem risco de vazamento; e economia de espaço, uma vez que que horas embalagens são bem mais compactas”, aponta Renata Pagliarussi, diretora geral da Lush no Brasil. Além disso, não têm álcool. “Para quem tem sensibilidade na pele, principalmente no pescoço, com o uso dos perfumes em spray -- por terem a base alcoólica --, os perfumes sólidos são a melhor alternativa”, completa ela. Outro formato fácil de carregar é o roll-on.

As versões em óleo e conta-gotas ficam mais tempo na pele, assim como os attares dos persas, que duravam de 48 a 72 horas. No entanto, o spray ainda é o mais recomendado para o clima brasileiro, adverte Andréia Miròn: “Quanto mais oleoso o perfume, mais interessante ele é no frio. O Brasil é tropical, então se você aplica a fragrância e sai no sol, ele oxida, azeda na pele. Por isso não é muito conveniente para o nosso clima”.

Fragrâncias em doses únicas

Erika Shumate, cofundadora da Pinrose, marca de perfumes da Califórnia, relata que sua experiência com as essências em lenços umedecidos começou como forma de inovar nas distribuições de amostras. “Observamos centenas de mulheres fazendo testes e percebemos que o spray causava desconforto em relação à quantidade de produto que saía da embalagem. Além disso, ouvimos inúmeras histórias de frascos quebrando em bolsas e derramando nos lugares. Para evitar essa experiência negativa, nós criamos os lenços umedecidos, que oferecem dose perfeita para que você tenha certeza de que nunca estará usando muito ou muito pouco”, conta.

O sucesso do produto foi tanto que rapidamente criou-se uma demanda própria. “Um mês depois de lançarmos, tínhamos clientes ligando pedindo para comprar pacotes de lencinhos – elas amaram a ideia de ter várias fragrâncias em doses únicas para brincar e experimentar antes de investir em um enorme frasco”.

Sangue quente

Assim como no spray, a duração do aroma depende do tipo de perfume que você tem. "Um parfum, por exemplo, dura até 12 horas, enquanto um eau de toilette dura de 4 a 6 horas e um body splash, apenas 40 minutos”, explica Andréia. Onde passar, então? “Nos locais onde há mais circulação de sangue, os chamados pontos de projeção: atrás dos lóbulos da orelha, no meio do seio e nos pulsos”.

Frascos que são joias

A designer holandesa Jody Kocken tirou a ideia de sua criação de uma necessidade. Depois de descobrir que era alérgica a perfumes, ela inventou uma forma de manter-se cheirosa sem que o produto entrasse em contato direto com sua pele. Daí nasceu o Perfume Tools, linha de joias que agem como difusores de fragrâncias. Brinco, colar e pulseira vêm com um frasco com vários furos que, em contato com o calor da pele, libera a essência. O protótipo ganhou até um prêmio de inovação, mas continuou apenas no papel. Cadê alguém para investir?

Já o joalheiro francês Lorenz Bäumer, que criou peças para Louis Vuitton, Cartier e Chanel, fez em sua grife a coleção The Scarab Brooch, broches em forma de escaravelho, que guardam um segredo: por dentro do corpo encrustado de pedras preciosas há um compartimento para adicionar algumas gotas de perfume, que se revelam a cada vez que o diamante do centro é pressionado. Uau!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
ANSA
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Beleza
Topo