Beleza

Pele sensível? Médica explica por que mulher ficou careca ao pintar cabelo

Reprodução/Facebook
Kirsty antes do trágico incidente que a fez perder metade dos seus cabelos Imagem: Reprodução/Facebook

Denise de Almeida

Do UOL

04/08/2017 18h31

A britânica que perdeu mais da metade dos cabelos ao tentar descolorir os fios para aderir ao visual "unicórnio" teve o azar de combinar um descolorante potente com uma pele sensível, aposta a dermatologista e tricologista Alessandra Juliano, especialista em cabelos.

"Existem alguns tipos de químicas que podem desencadear o que a gente chama de dermatite de contato, que podem gerar queimaduras gravíssimas. Na verdade foi uma associação disso tudo", analisa a médica.

Ela afirma ainda que também existe a possibilidade de que o couro cabeludo de Kirsty já estivesse inflamado antes dela tentar pintar e isso poderia agravar a situação. "Alguma doença dermatológica, como psoríase ou dermatite seborreica, pode ter gerado esse quadro, que realmente é de caráter irreversível", aponta.

A médica conta que já tratou casos semelhantes ao da britânica. "Isso realmente gera uma queimadura que pode ser de terceiro grau. Só um procedimento cirúrgico pode melhorar o quadro, mas é bastante decepcionante esse tipo de problema", relata Alessandra.

Reprodução/Instagram e Facebook
Expectativa x realidade: como Kirsty queria ficar e o resultado trágico da descoloração Imagem: Reprodução/Instagram e Facebook

A tricologista explica que o processo de descoloração dos cabelos, também chamado de decapagem, é algo complexo e que a melhor opção é sempre fazer isso em um salão especializado, com um professional capacitado.

Descolorindo no salão ou é em casa, Alessandra aponta que é importante seguir algumas orientações:

· O primeiro passo é sempre que for descolorir estar com o cabelo sujo, há no mínimo 24h sem lavar. "O próprio sebo do couro cabeludo protege o cabelo contra o estresse oxidativo".

· Também é preciso estar atento para não ultrapassar o tempo de ação da química. "Quando a gente extrapola esse tempo, além de você poder ter um dano na cutícula do cabelo, pode causar um estresse oxidativo no bulbo capilar e gerar uma drástica perda de cabelo".

· Depois que acabar o processo de descoloração, é preciso lavar muito bem a cabeça. "Lave exaustivamente o cabelo. Não deixe nenhum resíduo da tinta ou descolorante no couro cabeludo".

·  Nunca utilize um produto que não foi liberado pela Anvisa, já que o órgão regula e testa esses produtos antes de liberar a sua comercialização.

·  Se você já tiver algum tipo de alergia, seja de contato com metais ou a produtos químicos, ou tiver um processo inflamatório, vá ao médico antes de pintar suas madeixas. "É preferível que você procure um dermatologista e faça um teste de contato antes de fazer uso de um descolorante".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Luciana Bugni
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
Blog Luciana Bugni
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Luciana Bugni
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Luciana Bugni
Blog do Rodrigo Cintra
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Luciana Bugni
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
Blog Luciana Bugni
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo