Beleza

Hidratante corporal: escolha o melhor tipo para ter a pele sempre macia

iStock
Imagem: iStock

Paula Roschel

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/08/2017 04h00

Para que a pele fique sempre macia, forte e homogênea, muito mais do que aplicar o primeiro creme que encontrar, é necessário escolher a opção ideal para sua realidade, além de entender qual a forma correta de passar e de quanto em quanto tempo usar os produtos. Confira as dicas:

Saiba qual o seu tipo de pele

Antes de escolher o hidratante, você precisa saber o seu tipo de pele: “Para pele oleosa, opte pelos menos densos ou com propriedade seborreguladora, além de loção sem óleo (oil free). Já as peles secas, que tendem a apresentar estiramento e linhas finas, precisam de hidratantes mais poderosos, que reforçam a barreira hidrolipídica e nutrem a pele por muito mais tempo. Se você tem dúvidas sobre seu tipo de pele, um especialista pode te ajudar a identificar”, pontua a esteticista Edy Guimarães.

Veja o melhor hidratante para você:

  • Creme: mais espesso, para peles que necessitam de mais hidratação, como as secas
  • Gel: produto fluido, bom para peles com maior oleosidade
  • Loção: intermediário entre o gel e creme, bom para peles mistas e normais
  • Manteiga: com consistência densa, é recomendada para peles ressecadas
  • Cold Cream: com grande potencial de hidratação e consistência espessa, para quem tem pele muito seca ou está em lugares de frio extremo
  • Mousses e espumas: são mais aerados, leves e com potencial de hidratação brando
  • Óleos: apenas criam uma barreira na pele que impede que ela perca água, mas não hidratam ativamente, como cremes, manteigas, loções e outras texturas de hidratantes
  • Bruma: hidratante e antioxidante com óleos essenciais e nutrientes em sua composição, para matar a sede da sua pele suavemente

Usar uma, duas ou mais vezes ao dia?

Para a dermatologista Carla Vidal, a intensidade do uso varia ao longo do ano e condições climáticas: “Durante meses mais frios e secos o hidratante pode ser usado duas vezes ao dia, mas, geralmente, uma vez a cada 24 horas é suficiente. Hidratantes apropriados para as mãos podem (e devem!) ser aplicados várias vezes, uma vez que essa parte do corpo é altamente exposta. O mesmo vale para os faciais.”

Qual a hora certa para aplicar?

Os especialistas são unânimes: aplicar o hidratante logo após o banho favorece a absorção do produto, momento em que a pele está “amolecida” e colabora para a penetração de ativos. E como a área ainda está levemente umedecida, essa condição será preservada pelo hidratante, que evitará a perda de água por evaporação.

Pressa? Use hidratante de banho

Se você prefere opções práticas, a dermatologista Carla Vidal conta como tirar o melhor proveito da hidratação no banho: “Costumo dizer que para quem não usa nada, qualquer hidratação, desde que adequada ao seu tipo de pele, é válida. Mas o hidratante sem enxágue, usado depois do banho, é o mais indicado. Hidratantes aplicados no banho não têm o mesmo poder de hidratação de um produto que deve ser usado para permanecer na pele”.

Precisa usar produtos diferentes no inverno e no verão?

Você já ouviu falar que hidratante pode ser trocado de acordo com a época do ano? Essa afirmação tem embasamento, como esclarece a Carla Vidal: “Vale usar um produto mais denso e, no caso de peles mais secas, no inverno, quando este tipo de pele costuma sofrer ainda mais com ressecamento. No verão, por conta do suor excessivo, costuma-se indicar produtos mais fluidos, que evitam 'untar' ainda mais a pele.”

Hidratantes 24 ou 48 horas funcionam?

É cada dia mais fácil encontrar nas prateleiras das farmácias e perfumarias os produtos que prometem um longo período de hidratação. A dermatologista Helua Gazi, da Clínica Belle Sante, de São Paulo, explica como eles funcionam: “As fórmulas que procuram ser fisiológicas tentam imitar a barreira da pele, que é composta de água e óleo. Sendo assim, tem ativos que mantêm a hidratação de forma mais prolongada.”

Usar meia depois de passar o creme funciona mesmo?

Se você gosta de fazer uso do combo meias e hidratante por algumas horas, para potencializar a maciez dos pés, a notícia é boa, pois o truque funciona! Mas fique atenta ao tipo de meia usada, pois as de material sintético, por abafar mais a região, funcionam melhor para esse tipo de tática do que as de algodão, mais absorventes.

E no pescoço, uso creme de corpo ou rosto?

Está na dúvida se a região do pescoço e colo, área sensível e muitas vezes esquecida na hora da hidratação, deve receber cremes para rosto ou corpo? “É preferível usar nessas regiões os hidratantes faciais, que têm compostos mais específicos para envelhecimento, além de serem menos oleosos”, indica Helua Gazi.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Tudo Beleza
do UOL
do UOL
Redação
Blog Luciana Bugni
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
Blog Luciana Bugni
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Luciana Bugni
do UOL
Beleza
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Luciana Bugni
Blog do Rodrigo Cintra
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Luciana Bugni
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Rodrigo Cintra
Blog Luciana Bugni
do UOL
Beleza
do UOL
Topo