Casa e decoração

Churrasqueira sem carvão? Veja o melhor modelo para a sua casa ou apê

Marcelo Testoni

Colaboração para o UOL

31/01/2018 04h00

As churrasqueiras de tijolos e alimentadas a carvão continuam em alta para áreas espaçosas, como quintais e coberturas. As versões elétricas e a gás são práticas, não fazem tanta sujeira e funcionam muito bem para quem precisa se virar em espaços pequenos, como varandas e cozinhas. Confira!

Veja também

1. A carvão ou a lenha

Por conta da liberação de fumaça, exige espaço amplo e arejado, como terraço, quintal, área da piscina ou varanda gourmet.

Vantagens: Além de ser fácil de manipular, tem excelente custo-benefício, pois o carvão é barato, durável e a fumaça deixa a carne mais suculenta.

Desvantagens: O carvão costuma demorar a acender e faz bastante sujeira. Em apartamento, requer duto para saída de fumaça. Se não houver, é preciso discutir com o condomínio a realização de uma obra estrutural geral.

Modelos: As de alvenaria (tijolos) ou pré-moldadas (de concreto, mas com acabamento), por terem alta resistência, podem ser instaladas em áreas externas e assam em grandes volumes. Respectivamente, custam a partir de R$ 600. Mas há modelos de até R$ 8 mil.

As de aço, mais sofisticadas, de embutir na parede e com as laterais de vidro para impedir a propagação de calor, gordura e fumaça, chegam a custar R$ 2 mil, sem os acessórios básicos.

As portáteis, bem menores do que as fixas, são indicadas para locais com metragem reduzida, e custam a partir de R$ 70. As de inox, porém, costumam ser mais caras, mas não enferrujam e são fáceis de limpar.

Se não tiver muita experiência com churrascos, escolha um modelo a bafo. O motivo? Por ser equipada com tampa, funciona como se fosse uma estufa e o calor é distribuído por toda a carne, reduzindo o tempo do assado e não exigindo que a pessoa fique checando e virando as peças o tempo todo. O modelo funciona melhor para assar carnes aos pedaços. Custa, em média, R$ 300.

2. Elétrica

De tamanho compacto e fácil instalação, pode ser colocada sobre bancadas e é recomendada para almoços ou reuniões pequenas. Os valores variam de acordo com o modelo e a marca.

Vantagens: Fácil de limpar, possui acendimento automático e regulador de temperatura. Também não produz fumaça, só vapor.

Desvantagens: Requer tomada próxima da área de preparo das refeições e, dependendo do modelo, pode consumir bastante energia. O risco de um aparelho sem certificação pegar fogo é grande.

Modelos: Com sistema de rotação de espetos, o modelo giratório permite assar de forma homogênea todos os tipos de carne e, custa, em média, R$ 500. Algumas versões podem ser manuais, mas também existem as motorizadas.

Se optar por uma versão leve e portátil, tipo grill, que faz variadas opções de grelhados, a faixa de preço fica entre R$ 90 e R$ 150. Nela, geralmente a carne é colocada fatiada.

3. A gás

Para quem está acostumado a lidar com o fogão e mora em apartamento, esse modelo é uma boa pedida, pois, como dispensa carvão, não faz fumaça espessa e conta com queimadores que se acendem de maneira automática. Algumas versões podem receber ainda pedras vulcânicas, que além de não produzirem cinzas, conferem à carne um sabor similar às que são assadas no carvão.

Vantagens: Devido ao calor intenso dos assadores, o churrasco fica pronto em poucos minutos, bem mais rápido e limpo do que no método com carvão. O sistema automático também confere mais segurança ao churrasqueiro.

Desvantagens: Em casa ou apartamento é preciso que a churrasqueira seja alimentada por uma saída de gás própria, que pode vir da rua ou do botijão.

Modelos: São fabricadas em diversos tamanhos e modelos, custando as portáteis cerca de R$ 200 e as maiores, com coifa, até R$ 4 mil. Em comum, devem ser instaladas em local com excelente circulação de ar, mas longe de vento e sol, para não estragar o material e seu funcionamento.

Quanto às churrasqueiras de fogão, que se parecem mais com panelas furadas no fundo, apesar de não funcionarem a gás, devem ficar sobre uma das bocas do fogão para que suas grelhas esquentem e assem as carnes. Custam, em média, R$ 100, cada.

Fontes: Paulo Pereira, especialista em churrasco e professor de gastronomia do Senac, e Beth Bailly, arquiteta do escritório Space Planning Arquitetura.

Preços consultados em janeiro de 2018 e sujeitos à alteração

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Cadence Barbecue

    A churrasqueira é a bafo, tem corpo em aço escovado, segue design americano e funciona a gás. Produzida pela marca Cadence e comercializada pela Americanas (www.americanas.com.br). Preço sugerido: R$ 1.804,90.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Vulcano

    A churrasqueira da linha Cattiva, pode ser usada para fazer churrasco em locais fechados, pois como funciona a gás não produz fumaça preta. Produzida pela marca Arke e comercializada pela Magazine Luiza (www.magazineluiza.com.br). Preço sugerido: R$ 541,41.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Combate

    A churrasqueirafeita de aço inox, assa no carvão. Vem com alça de madeira, uma grelha e pés dobráveis. É fácil de montar e ideal para almoços ao ar livre. Produzida pela marca Churrabem e comercializada pela Americanas (www.americanas.com.br). Preço sugerido: R$ 185

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Stiller

    A churrasqueira é a bafo e produzida em aço esmaltado. Vem com prateleira inferior, porta-cinzas lateral, grelha cromada e tampa côncava. Produzida pela marca Nautika e comercializada pelo Ponto Frio (www.pontofrio.com.br). Preço sugerido: R$ 345,31

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Baby

    A churrasqueira pré-moldada em concreto refratário, assa com carvão. Atende até 20 pessoas ao mesmo tempo. Produzida pela marca Atacadão Lazer e comercializada pela Leroy Merlin (www.leroymerlin.com.br), custa R$ 524,90

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Maxifogo

    A churrasqueira pré-moldada em concreto refratário, assa com carvão. Leva 40 minutos para ser instalada em casas e coberturas de apartamentos. Produzida e comercializada pela funilaria Dambrós (www. dambros.ind.br). Preço sugerido: R$ 971

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Begnami

    A churrasqueira pré-moldada em concreto refratário, assa com carvão. Vem com relevo imitando tijolo na cor palha e acabamentos em inox. Produzida pela marca Begnami e comercializada pela Leroy Merlin (www.leroymerlin.com.br), custa R$ 2.150,90

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Begnami

    A churrasqueira pré-moldada em concreto refratário, assa com carvão. Vem com relevo imitando tijolo cerâmico na cor vermelho e acabamentos em inox. Produzida pela marca Begnami e comercializada pela Leroy Merlin (www.leroymerlin.com.br), custa R$ 646,90

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Churrasqueira de parede

    Feita de aço galvanizado, assa no carvão e vem com vidro temperado nas laterais. Produzida pela marca Metávila e comercializada pela Magazine Luiza (www.magazineluiza.com.br). Preço sugerido: R$ 1.272,05

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    725F

    A churrasqueira de parede assa carne no carvão e pode ser instalada na cozinha ou na área gourmet. Possui laterais com vidro temperado, agregando sofisticação ao design, e canos que não permitem que a fumaça retorne para dentro do ambiente. Produzida pela marca Metávila e comercializada pela Magazine Luiza (www.magazineluiza.com.br), custa R$ 1.329,05

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo