Casa e decoração

Cerca de 30% das luzes de Natal trazem risco, afirma UE

26/11/2009 17h04

Bruxelas, 26 nov (Lusa) Um estudo divulgado nesta quinta-feira pela Comissão Europeia (Executivo da União Europeia) afirma que 30% das luzes de Natal geram algum tipo de perigo e que metade das que apresentam defeitos vêm da China, sendo o principal risco o de choques elétricos.

  • Rogério Cassimiro/Folha Imagem

    O estudo envolveu testes com 169 luzes de Natal, realizados em cinco países europeus


A pesquisa, realizada em cinco países da UE, indica que 25% das luzes de Natal testadas apresentavam defeitos na fiação, podendo provocar choques elétricos.

Por outro lado, 23% tinham filamentos finos demais para a passagem da corrente elétrica transportada, o que aumenta o risco de superaquecimento e incêndio.

No teste de proteção contra choques elétricos, 19% foram reprovadas por terem isolamento insuficiente.

Juntando as duas causas possíveis para as luzes de Natal causarem choques elétricos, o percentual de risco aumenta para 44%.

Cerca de metade dos produtos reprovados nos testes são provenientes da China, revela o estudo.

Com a proximidade do Natal, a Comissão Europeia recomenda que os consumidores comprem luzes de comerciantes conhecidos, que assegurem que são cumpridos os padrões de segurança.

A Comissão Europeia alerta ainda para que não se deve deixar as luzes acesas quando se sai de casa ou durante a noite.

O estudo envolveu testes com 169 luzes de Natal, realizados em cinco países: Alemanha, Eslováquia, Eslovênia, Holanda e Hungria.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
do UOL
Casa e Decoração
Casa e Decoração
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
Erratas
do UOL
do UOL
do UOL
Revista Ana Maria
do UOL
do UOL
Projetos
do UOL
Projetos
do UOL
Projetos
do UOL
Casa e Decoração
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Casa e Decoração
do UOL
do UOL
do UOL
Topo