Casa e decoração

IPI de móveis sobe em abril, mas será menor do que antes

Daniel Lima

Da Agência Brasil

Brasília - O governo não vai retirar totalmente os benefícios concedidos ao setor de móveis, que acabariam no próximo dia 31. A partir de abril, a nova alíquota de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para os móveis será de 5% para todos os produtos. Segundo informou o Miistério da Fazenda, antes da desoneração a alíquota incidente sobre alguns itens, como móveis estofados, era de 10%.

A Fazenda informou também que a alíquota de IPI sobre painéis de madeira (inclusive de madeira maciça), aglomerados de madeira e placas laminadas também será de 5%. Antes da desoneração, essa alíquota de IPI sobre estes produtos era de 10%.

De acordo com comunicado do Ministério da Fazenda, o decreto com a especificação do IPI por código de produto será publicado até o dia 31 deste mês. A Receita Federal está calculando o impacto da medida na arrecadação. Os números devem ser divulgados na tarde de hoje (26).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Projetos
do UOL
Casa e Decoração
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Casa e Decoração
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
BBC
Projetos
do UOL
Casa e Decoração
Projetos
do UOL
Casa e Decoração
BBel
Projetos
Projetos
Casa e Decoração
Redação
Projetos
do UOL
Guia do Litoral
Casa e Decoração
Vírgula - Comportamento
Projetos
Projetos
do UOL
do UOL
Moda
Topo