Casa e decoração

Famosos são inspiração para ambientes na Casa Cor

Marco Pinto/UOL
Suíte inspirada no jogador de futebol Neymar e criada por Camilla Matarazzo para a Casa Hotel Imagem: Marco Pinto/UOL

DAIANA DALFITO

Da Redação

07/06/2011 07h00

A Casa Hotel, mostra associada à Casa Cor, apresenta pelo terceiro ano consecutivo ambientes  inspirados em celebridades. Em 2009, a modelo e apresentadora Ana Hickman, os estilistas Ricardo Almeida e Carlos Miele e a empresária Lucília Diniz foram os famosos a emprestar seus nomes aos espaços criados por arquitetos e decoradores. Em 2011, Lula, Neymar, Álvaro Garnero, Ana Botafogo, Claudia Leitte, Gustavo Rosa, Karim Rashid, Ney Matogrosso e Viviane Senna são os inspiradores das criações.

 

O cantor Ney Matogrosso foi a fonte de inspiração para os decoradores  Isabela Augusto de Lima e João Meirelles, que criaram uma suíte baseada na personalidade do artista, mas de maneira intimista.

 

Nela, ao contrário de outros ambientes como a “Suite Presidencial” que homenageia Lula, não há objetos pessoais. Mas Ney, de certa forma, está presente na constituição do projeto, pois é o responsável pela iluminação do espaço.

 

“Fizemos cinco plantas de espaços que poderiam se identificar com o Ney [Matogrosso]. Ele escolheu o mais clássico, o que retratava o ‘Ney íntimo’”, conta João Meirelles, decorador estreante na Casa Cor SP.

 

João disse que, antes da conversa que ele e a amiga Isabela tiveram com o artista, pensava em criar um espaço mais contemporâneo e colorido. “Essa é a face do Ney que o público conhece”, diz. A proposta intimista revela o homem por trás do artista, garante o decorador, mas também abre espaço para o ‘Ney palco’ em alguns detalhes como a ampla cama ou o papel de parede esplendoroso.

 

Desafio esportivo

 

Depois de oito anos longe da Casa Cor,  a designer de interiores Camilla Matarazzo criou a ambientação da suíte inspirada na personalidade do jogador Neymar. O boleiro também cedeu alguns objetos para a mostra como bonés e roupas e, claro, um par de chuteiras.

 

“Com a escolha da suíte do Neymar tive a intenção de mostrar que sofisticação e irreverência podem estar juntas em um projeto”, diz Camilla por meio de sua assessoria de imprensa.

 

Qualquer que seja a personalidade a inspirar os ambientes, o que interessa é que características e preferências marcantes estejam presentes nos espaços . A arquiteta Karina Afonso, em 2010, escolheu Ana Maria Braga como “musa”. Na suíte, o que chamava a atenção era um espaço para cozinhar, preferência explícita da apresentadora.

 

Nesta edição, Karina criou a ambientação da suíte de Claudia Leitte. Com preto e grafite, fotos e objetos de designers famosos, o espaço teve como base conversas com pessoas próximas à cantora. A intenção parece acertada quando o visitante da mostra lê o recadinho deixado pela artista e exposto no ambiente: “... você [Karina Afonso], com seu talento, captou exatamente meu gosto, minhas preferências e me emocionou com um projeto que ficou incrível e com a minha cara”.

 

Na Casa Cor...

 

Apesar da Casa Hotel concentar os famosos, a Casa Cor também mantém espaços baseados em celebridades. A “Biblioteca do Ator”, por exemplo, contempla as necessidades e paixões de Felipe Folgosi: atuação, aventura, viagens e música.  A arquiteta Patrícia Novoa, que assina os 32 m² do espaço, inseriu até mesmo uma moto no projeto.

 

Bali deu o tom da suíte do “Homem  Apaixonado” que ganhou objetos pessoais de outro ator, Paulinho Vilhena. Também adepto da aventura e das viagens, Vilhena cedeu uma prancha para a composição do espaço assinado por Simone Goltcher.

 

E Fafá de Belém deixou no “Lounge do Músico”, ambiente criado pelas arquitetas Fernanda Fernandes e Roberta Maiorana, alguns de seus discos de ouro e platina, objetos de decoração e fotografias emblemáticas como as que registram sua interpretação da “Ave-Maria” durante a terceira visita do Papa João Paulo II ao Brasil, em 1997.

 

A mostra

 

A Casa Cor São Paulo, mostra de arquitetura, design de interiores, decoração e paisagismo, fica aberta ao público até 12 de julho de 2011. A exposição reúne 106 ambientes projetados por 155 profissionais no Jockey Club de São Paulo.

 


Serviço
Casa Cor  SP 2011

Quando: de 24 de maio a 12 de julho
Horário: terça a sábado – 12h as 21h30; domingos – 12h as 20h
Onde: Jockey Club de São Paulo (av. Lineu de Paula Machado, 1.075)
Informações: www.casacor.com.br
Quanto: terça a sexta: R$37,00; sábado e domingo : R$ 41,00; passaporte: R$70,00 (estudantes e idosos pagam meia entrada)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
Blog Casa de Viver
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
Blog Casa de Viver
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
UOL Estilo
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
UOL Estilo
do UOL
Blog Casa de Viver
BBC
UOL Estilo
UOL Estilo
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
BBC
do UOL
Casa e Decoração
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
do UOL
Topo