Decoração de ambientes

Deu branco! Aposte na cor e não erre na decoração da casa

Divulgação
O decorador Beto Galvez e arquiteta Nórea de Vitto escolheram os brancos off-white (variação dos tons de branco) para criar a base para os objetos da Sala da Colecionadora, na Mostra Black, e a volumetria Imagem: Divulgação

Silvana Maria Rosso

Do UOL, em São Paulo

16/07/2012 09h01

O branco é atemporal, leve e elegante e é capaz – se bem cuidado - de transmitir sensações de paz, tranquilidade, limpeza, além de combinar com tudo. Quer mais motivos para escolhê-lo como base para a decoração de sua casa?

“A aposta no branco sempre será uma escolha segura", recomenda a arquiteta Jóia Bergamo que completa: "por ser clássica, a cor supera modismos, traz a tão desejada luminosidade e é de fácil manutenção".

A arquiteta Myrna Porcaro destaca que um ambiente “total white” tende a parecer maior do que realmente é, algo útil em tempos de apartamentos com metragens diminutas.

Outro diferencial, de acordo com Porcaro, é que a superfície branca apresenta alto índice de reflexão dos raios luminosos, o que ocasiona baixa a absorção de calor e a consequente temperatura ambiente mais aprazível e amena.

Branco para todos

Tons neutros, como o branco, são os mais democráticos da tabela de cores. Assim, as combinações entre si e com matizes mais vivos possibilitam variações diversas e vão acordo com o gosto e a proposta do local, alega a arquiteta Vivian Coser.

"Tonalidades mais suaves têm maior probabilidade de combinar com cores mais fortes e alegres, resultando em ambientes equilibrados”, ressalta Jóia Bergamo. Espaços que se limitam ao branco ou branco gelo tendem a se tornar mais minimalistas e modernos.

Para dar outra cara a sua sala, quarto ou cozinha, invista em pontuações que levam outras cores. “É válido detalhes em destaque com laranja, vermelho, amarelo e outras cores fortes, que têm o poder de estimular outros sentidos", ensina a arquiteta.

Versátil, o branco pode ser adotado em quase todos os materiais, "como em acabamentos nobres, por exemplo, o mármore piguês, as pastilhas de vidro; nas tintas e alvenaria, na laca dos móveis ou vários tipos de tecidos para estofados e cortinas”, exemplifica Bergamo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Folha de S.Paulo
do UOL
Revista Ana Maria
Band Terra Viva
Projetos
Projetos
TV CARAS
do UOL
Bbel
TV Jornal
TV Jornal
Band Terra Viva
Band SP Interior
Band Terra Viva
AFP
do UOL
Casa e Decoração
do UOL
Projetos
Casa e Decoração
Vírgula - Comportamento
Harper's Bazaar
Vírgula - Comportamento
Itmãe
Folha de S. Paulo
Folha de S. Paulo
It Mãe
Revista Ana Maria
TV Jornal
do UOL
do UOL
Revista Arquitetura & Construção
Vírgula - Comportamento
Casa e Decoração
TV Jornal
Revista Caras
Casa e Decoração
Vírgula - Comportamento
Folha de S. Paulo
Folha de S. Paulo
Projetos
Vírgula - Comportamento
Vírgula Comportamento
Casa e Decoração
Folha de S.Paulo
Harper's Bazaar
Topo