Casa e decoração

Veja as dicas de limpeza para quem tem cães e gatos em casa

Karine Serezuella

Do UOL, em São Paulo

27/08/2012 09h52

Por mais asseio que se possa ter, é comum encontrar pelos no chão da sala ou sentir aquele cheirinho de xixi quando há um animal de estimação em casa. Mas existem orientações e produtos especiais no mercado que ajudam a manter os ambientes limpos. O UOL Casa e Decoração selecionou algumas alternativas ao jornal do cãozinho e reuniu uma série de dicas para obter uma limpeza mais eficiente.

 

Educação e frequência de limpeza são aliados para manter a casa em ordem e sem cheiros desagradáveis

A primeira das dica é frequência. É essencial criar uma rotina mais intensa de coleta das partículas sólidas. Assim, passe o aspirador de pó em todo o piso, carpetes e tapetes para tirar os pelos e a poeira. Se o piso for de madeira, aqueles rodinhos com superfícies felpudas ajudam a diminuir a exigência diária do aspirador.  Para uma completa higienização dos ambientes, o veterinário Eduardo Tirado, da empresa Animal Show Pet, recomenda o uso de desinfetantes específicos, comprados em lojas de produtos veterinários e em supermercados.

Com ação bactericida, fungicida e viricida, esses desinfetantes eliminam o mau cheiro das fezes e urina dos bichos e são seguros à saúde dos animais e dos seres humanos. “Estes produtos possuem um preço um pouco mais elevado, mas rendem bastante se diluídos em água, valendo o investimento”.

Truques de limpeza

Getty Images

Além dos produtos específicos para limpeza, quando se tem cães e/ou gatos em casa, a coordenadora do curso de serviços domésticos da Tramit Brasil, Rosana Comino, aponta ações simples que ajudam a diminuir o cheiro de tecidos, tapetes e estofados atingidos por um xixi fora de lugar:

- Primeiro retire o excesso de urina com papel absorvente. Coloque sob a mancha um pouco de vinagre branco e amido de milho. Aguarde secar por três ou quatro horas e retire a mistura com auxílio de um aspirador de pó.

- Outra dica para tirar o mau odor é esfregar no local uma solução de álcool e vinagre (em partes iguais) ou somente álcool puro. Neste caso, assegure-se de que a superfície é resistente o bastante ao produto e não vai desbotar ou rasgar.

Pelos

Getty Images

Para a limpeza do piso, passar o aspirador de pó é uma das alternativas para retirar os pelos e outras partículas sólidas de forma mais rápida e sem espalhá-las. Outra opção são os chamados “rodos mágicos”. “São eficientes para recolher a sujeira, sem que os pelos levantem do chão e se depositem em seus móveis”, indica a coordenadora do curso de serviços domésticos, Rosana Comino.

Se seu animal de estimação costuma deitar no sofá -seja o móvel recoberto por tecido ou couro-, o indicado é cobri-lo completamente com uma manta ou forrar o local onde o bichinho gosta de ficar. Caso seu cão ou gato solte muito pelo, troque a manta a cada dois dias.

Porém, se o local da soneca do pet for a cama, fique atento às condições de higiene do animal e também da roupa de cama: lave-a cerca de duas vezes por semana. No caso de o animalzinho dormir com você, a frequência de lavagem pode subir. No frio, uma opção para preservar o edredom é coloca-lo em uma capa protetora.

Os rolos adesivos, encontrados em lojas de utensílios domésticos e supermercados, também são usados para a retirada de pelos do sofá ou de tecidos em cadeiras, além das roupas pessoais. Por ser um produto de custo alto, não é aconselhável o uso frequente, mas sim para limpeza rápida e pontual de uma área limitada.

No caso de cortinas e tapetes, o ideal é limpar com o aspirador de pó, ao menos duas vezes por semana e ficar atento ao acesso dos animais a esses elementos, especialmente gatos, que costumam usá-los como arranhadores.

Hora do Xixi

Getty Images

No mercado “pet”, existem produtos como tapetes higiênicos e sanitários que auxiliam na manutenção da limpeza dos cães e do ambiente. Para o veterinário Eduardo Tirado, esses itens ajudam a educar os cachorros a urinarem no local apropriado, além de conservar o lugar limpo, seco e livre de odores.

No local escolhido, fixe o tapete higiênico -uma espécie de fralda- conforme as instruções de uso. O cheiro do produto irá atrair o cãozinho, no entanto, Tirado sugere que, no início, é melhor mostrar ao animal onde urinar. Se o cão fizer xixi em outro local, não se esqueça de levá-lo imediatamente ao tapete (mas nada de esfregar o focinho no xixi!) para reforçar a ideia do lugar adequado. Após o treinamento do animal, é possível transportar o tapete para qualquer área, inclusive externa.

Outra alternativa que pode ser usada em conjunto com os tapetes -ou mesmo com o bom e velho jornal- são os tablados higiênicos. O produto é uma espécie de plataforma gradeada que deve ser disposta sobre o jornal ou tapete e serve para que o cão tenha menos contato com a urina.

Já para os gatos, o uso da caixa de areia é indispensável. Nas lojas de produtos veterinários há uma série de tipos de areia e substitutos, como a sílica. “O ideal mesmo é testar várias alternativas e escolher aquela com que melhor se adaptar, pois isto depende de cada animal”, explica Tirado. Como o odor dos excrementos é forte, o ideal é limpar a caixa mais de uma vez ao dia ou imediatamente após o uso.

Comedouros

Getty Images

Para não haver bagunça, coloque os recipientes para comida e água em um local de fácil acesso ao animal e limpeza eficiente. Limpe o comedouro e o pote de água regularmente. Ao higienizar o local, retire o cão ou gato do espaço para impedir a ingestão de resíduos dos produtos químicos usados.

Para o veterinário Eduardo Tirado, antes de pensar na limpeza, é necessário orientar e educar o animal. “O treinamento demanda tempo e esforço, mas facilita a manutenção de um local limpo, sem odor desagradável e saudável para o pet e para toda família”, ressalta.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
UOL Estilo
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
UOL Estilo
do UOL
Blog Casa de Viver
BBC
UOL Estilo
UOL Estilo
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
BBC
do UOL
Casa e Decoração
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
Casa e Decoração
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
Topo