Estilo de vida

Veja dicas gerais para ter uma horta de temperos em casa

Getty Images
Ervas aromáticas frescas dão mais sabor à comida e perfumam e embelezam seu lar imagem: Getty Images

Giovanny Gerolla

Do UOL, em São Paulo

Ter uma horta em casa não requer muito espaço, algumas ervas como a salsinha podem ser cultivadas em vasinhos pequenos dispostos, por exemplo, no parapeito da janela. Porém, na hora de preparar o seu canteiro ou jardineira com chás e temperos para uso doméstico, vale atentar para certos cuidados que prolongam a vida das plantas, agrupando e alocando, por exemplo, os espécimes por suas necessidades de sol, água, nutrientes, potencial de crescimento e duração do ciclo médio de vida.

Luz

Ervas não são para áreas sombreadas, informa o engenheiro agrônomo e paisagista Fabricio Sbruzzi. Em geral, as aromáticas demandam de, pelo menos, quatro horas por dia de exposição ao sol pleno e esse período vai ditar também a frequência e intensidade da rega.

“Sombra não adianta”, reforça Sbruzzi: “As ervas tentam se desenvolver, mas sofrem demais com pragas e doenças. Algumas simplesmente não funcionam dentro de casa, como alecrim, manjericão e capim-limão, que precisam de ambientes muito ventilados e ensolarados”. Dessa forma, se quiser cultivar essas variedades pense no plantio em jardins, quintais e varandas ensolaradas.

Terra e adubo

De forma genérica, o volume de terra necessário ao crescimento de cada planta aponta se o plantio da erva vai ser em vaso (grande ou pequeno), jardineira ou canteiro no quintal. Ervas maiores como manjericão, hortelã, alecrim e capim-limão, que possuem muitos ramos e formam touceiras, precisam de recipientes com cerca de 20 litros e, se estiverem “sós” no vaso (ou canteiro), se desenvolverão mais e melhor. “Já salsa e cebolinhas podem estar em recipientes menores e compartilhados, de dois a cinco litros”, indica o engenheiro.

Assim, ao comprar ervas em vasinhos, saiba que essas plantas estão fadadas a durar menos se não forem transplantadas para canteiros ou suportes maiores, onde poderão ser adubadas regularmente. Uma vez por mês, vale misturar matéria orgânica à terra: revolva-a superficialmente com uma colher de jardim para oferecer ar fresco ao solo, o que facilita a reprodução de micro-organismos fixadores de nutrientes, e adicione húmus de minhoca ou compostos vegetais. 

Rega

Quanto maior o vaso, melhor, pois o recipiente tende a conservar por mais tempo a umidade da terra e a exigir assim uma menor frequência de regas. “Em tempos de escassez e economia de água, uma saída é misturar polímeros retentores de água (que encharcados, parecem uma gelatina) nas vasilhas menores. Isso não diminui a frequência da irrigação, mas ajuda a terra a ficar úmida por mais tempo, em dias muito secos”, recomenda Sbruzzi. Evite que o substrato fique encharcado e molhe os vasos pelo menos três vezes na semana para ter aromáticas vistosas. A dica para checar a umidade é inserir o dedo no solo.

Pragas

O que gera um ambiente propício ao desenvolvimento das pragas é a falta de sol direto. A luz solar é a melhor medida preventiva. Há, no entanto, inseticidas naturais: óleo de Nim (que deve ser borrifado após ser diluído em água e necessita de um resguardo de cerca de um mês e meio para que a erva possa ser consumida), calda de fumo ou chá de alho (deixe o alho mergulhado em água por um mês e borrife o preparado sobre a planta). Tais misturas servirão como combatentes caseiros contra pulgões, fungos e bactérias.

*Obra consultada: "Especiarias e ervas aromáticas: história, botânica e culinária", de Jean-Marie Pelt. Jorge Zahar Editor. 2003, 1ª edição.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Projetos
do UOL
BBC
Glamurama
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
UOL Estilo
Redação
do UOL
Moda
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
Redação
do UOL
UOL Mulher - Moda
Redação
Beleza
do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Moda
do UOL
Redação
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
Topo