Estilo de vida

Cães e gatos longe de perigos: veja como evitar acidentes dentro de casa

Getty Images
Ao fuçar no lixo, o animal pode acabar ingerindo resíduos como lacres de latas imagem: Getty Images

Karine Serezuella

Do UOL, em São Paulo

Pequenos descuidos como esquecer a tampa da lixeira aberta ou deixar fios elétricos soltos podem causar um acidente envolvendo seu bicho de estimação. Por isso, quem tem um animalzinho em casa deve redobrar a atenção em relação a certas situações cotidianas. Para auxiliá-lo a identificar e evitar o perigo, veterinários apontam determinadas circunstâncias que causam riscos aos pets e dão dicas de como evitar incidentes. Tome os cuidados necessários e mantenha seu bichinho longe de encrencas!

Getty Images
O animal pode engolir ou inalar pequenos objetos imagem: Getty Images
Brinquedos e outros objetos espalhados pela casa – Sempre recolha e guarde pequenos objetos (brinquedos de criança, prendedores de roupa, brincos, anéis, moedas, etc.) deixados no chão (olhe embaixo do sofá!) ou em locais de fácil acesso para cães e gatos.

Seus melhores amigos são curiosos por natureza e tendem a interagir com as coisas, em especial, os filhotes. Ao morder, roer ou cheirar tais objetos, os itens podem ser engolidos ou aspirados pelo bicho e causar problemas graves nos sistemas digestivo ou pulmonar do pet.

Getty Images
O animal pode engolir ou inalar pequenos objetos imagem: Getty Images

Getty Images
O pet vai querer lamber a comida do prato quebrado imagem: Getty Images
Objetos quebrados – Retire o animal ou o impeça de entrar no ambiente onde um objeto foi quebrado, porque o cão ou gato pode pisar ou mesmo ingerir cacos do material. Os casos mais críticos são os vidros e louças, que tendem a gerar mais estilhaços e apresentar maior probabilidade de dano imediato. O bichano, por exemplo, pode querer lamber o pote ou o prato quebrado com restos de alimentos e acabar por deglutir um fragmento cortante.

Assim, só deixe o cão ou o gato circular pelo cômodo novamente após limpar bem a área. Não se esqueça de passar o aspirador de pó para que pequenos resíduos não permaneçam no chão.

 

Getty Images
O ideal é colocar telas de proteção nas janelas imagem: Getty Images
Janelas sem proteção – Sempre instale telas de proteção em janelas e varandas quando animais de estimação viverem na casa, porque há a possibilidade de queda desses locais e tal acidente pode ocasionar traumas gravíssimos ou até a morte do bicho.

E não pense que apenas gatinhos gostam de subir em móveis para alcançar as janelas: os cães, em especial aqueles bastante ativos, tendem a ser atraídos pelos barulhos e movimentos da rua.

Getty Images
É comum o animal "explorar" o lixo, atraído pelo cheiro imagem: Getty Images
Acesso fácil a gavetas, cestos de roupas sujas ou às lixeiras de banheiros e cozinhas – Opte por lixeiras e cestos com tampas pesadas e com fechamentos eficientes nos banheiros e na cozinha e utilize travas em gavetas e armários para que o pet não corra o risco de “explorar” o lixo ou pegar roupas e outros objetos que possam a vir engolir. Na cozinha, o cheiro de certos alimentos pode atrair mais facilmente cães e gatos e o risco é de que eles engulam itens perigosos como lacres de latas de alumínio e embalagens de carnes, que podem causar sufocamento.

Getty Images
O contato da pele do pet com produtos químicos pode ocasionar dermatites no animal imagem: Getty Images
Contato com produtos de limpeza e/ou higiene – Guarde esses produtos sempre em locais de difícil acesso (armários altos e fechados). Além da possibilidade do animal ingerir esses líquidos, o simples contato da pele do bichinho com determinadas substâncias pode acarretar dermatites, que precisarão ser tratadas por um médico veterinário.

Getty Images
A ingestão de comida de "gente" pode causar vômitos no animal imagem: Getty Images
Contato com alimentos que não são indicados aos pets – Armazene os alimentos em locais fechados e altos e não deixe o cão ou o gato no ambiente onde haja comidas sobre a mesa, pia ou fogão (é surpreendente ver as manobras que eles fazem para pegar o que estão interessados!). Mesmo os pacotes com o alimento apropriado aos animais devem ser guardados em lugares de difícil acesso, para que não ocorra a ingestão de uma quantidade exagerada.

Além desses cuidados, lembre-se que seu pet deve comer exclusivamente alimentos prescritos e adequados a ele. Guloseimas, tais como chocolate e embutidos, por exemplo, podem causar desde simples vômitos à morte do animal. Caso considere que a ração seja insuficiente, consulte o veterinário antes de dar algo diferente.

Getty Images
Não deixe o cão ou gato próximos aos fios elétricos imagem: Getty Images
Fios elétricos soltos – Tente reunir e isolar os fios elétricos de aparelhos domésticos como televisores, abajures, computadores e máquinas de lavar roupas.

Os animais, principalmente os filhotes, adoram puxar e morder fios soltos, mas essa brincadeira é bastante perigosa. O bichinho pode receber uma descarga elétrica capaz de matá-lo  instantaneamente ou, então, ocasionar queimaduras graves e até edema pulmonar (acúmulo de líquido no pulmão).

Meu bichinho se acidentou! Como agir?

  • O pet ingeriu objetos

    Caso seu animalzinho tenha engolido algum objeto, leve-o imediatamente a um hospital veterinário ou a uma clínica equipada com aparelhos de ultrassonografia e radiografia. Em algumas ocasiões, uma cirurgia pode ser necessária para a remoção do corpo estranho.

  • O animal se cortou

    Lave o local machucado e use uma gaze ou um pano de algodão limpo para fazer pressão sobre o corte. Em seguida, leve seu bicho de estimação a uma clínica ou hospital veterinário para que ele seja tratado.

  • O cão ou gato engoliu produto de limpeza ou higiene

    Jamais dê leite ao pet. O fígado do animal, que está tentando quebrar as moléculas da substância tóxica, pode ficar sobrecarregado com a ingestão de leite, um alimento bastante gorduroso. O ideal é tentar dar água ao bicho e levá-lo o quanto antes a uma clínica ou hospital veterinário.

  • O bicho comeu comida "de gente"

    Como ele está acostumado com a ração, ao comer qualquer alimento não indicado (por exemplo, pedaços de pão, bolachas, arroz ou carne), o pet pode ter problemas digestivos como vômitos e/ou diarreia. Nessa situação, observe seu cão ou gato e fique atento a esses possíveis sintomas. Se perceber algum sinal de intoxicação, consulte o veterinário.

  • Ele levou um choque elétrico

    Com auxílio de luvas de borracha e sempre calçado, desconecte o aparelho da tomada. Nunca jogue água sobre o pet. Após o incidente, mesmo que o animal pareça bem, leve-o ao veterinário. Um edema pulmonar pode ocorrer horas após a descarga elétrica e pode ser fatal. No caso de queimaduras, não passe qualquer substância sobre o ferimento como creme dental ou pomadas. Procure uma clínica veterinária.

Fontes: Denise Schwartz, professora do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de São Paulo (USP); Dídimo Luiz Tanclér Gagliardi, veterinário e Luiz Henrique de Araújo Machado, professor da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp), campus Botucatu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Glamurama
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
UOL Estilo
Redação
do UOL
Moda
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
Redação
do UOL
UOL Mulher - Moda
Redação
Beleza
do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Moda
do UOL
Redação
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Estilo
Moda
Redação
do UOL
Redação
Topo