Casa e decoração

Aposte no futon para uma decoração descontraída e versátil

Divulgação/ Adriana Barbosa
No living criado por Macedo e Martin Arquitetura, o futon dá um clima descontraído Imagem: Divulgação/ Adriana Barbosa

Juliana Nakamura

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/11/2015 07h01

Charmosos e descontraídos, os futons caíram no gosto ocidental e estão cada vez mais presentes em salas, varandas, quartos, espaços de meditação e spas. A estética descolada e o uso versátil são motivos que justificam tamanho interesse.

Em meio a essa popularização, o milenar colchão oriental colocado sobre tatame ganhou novas versões. Hoje é possível encontrar modelos com design mais contemporâneo e modular, produzidos a partir de matérias-primas diversas, da seda aos tecidos impermeáveis.

Como escolher?

Antes de empregar o futon em um ambiente, observe o estilo empregado na decoração. “Se o espaço tem uma pegada praiana, ele tende a ficar interessante. Mas em local mais tradicional ou com design muito moderno, o futon pode ficar fora do contexto”, comenta a arquiteta Marcelle Castro Neves.

Na hora de comparar as opções existentes, repare na resistência do material. Modelos com espuma de baixa qualidade certamente não terão o desempenho e durabilidade esperados. Verifique também a espessura que deve ser adequada ao uso que se pretende dar à peça.

Os formatos

O futon pode ser encontrado em quatro principais versões. Bastante aproveitado em espaços compactos, o shikibuton é uma espécie de colchão que pode ser dobrado, transformando-se em sofá. Os zabutons têm forma de almofada e são utilizados para cobrir cadeiras e bancos. Geralmente são revestidos com tecido de algodão, lona ou seda.

Há, ainda, os kakibushi, que também possuem formato de colchão e podem ser dobrados em três ou quatro partes, virando um mini pufe. Esses modelos são recomendados para áreas de relaxamento em jardins, varandas ou ao redor da piscina. Outro tipo é o futon turco, que tem espessura com menos 10 cm e acabamento com capitonê, uma técnica que deixa depressões no tecido. Quadrado ou retangular, o futon turco pode ser utilizado como assento diretamente no chão ou sobre pallets.

Cuidados com a manutenção

Normalmente os futons contam com enchimento em algodão e por isso, não toleram muito bem o contato com a umidade. Eventuais sujeiras e manchas devem ser removidas imediatamente, utilizando o mínimo de água. Quando necessário, a peça pode ser lavada a seco em lavanderias especializadas.

Além disso, ações simples podem ajudar a prolongar sua vida útil. Uma delas é colocá-lo para arejar ao menos uma vez por mês. Outro cuidado é virar a peça regularmente para que os dois lados sejam igualmente utilizados.

Fontes consultadas: Marcelle Castro Neves, Claudia Macedo e Andrea Martin, arquitetas e a empresa Futon Company.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Folha de S.Paulo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
Casa e Decoração
do UOL
Casa e Decoração
do UOL
BBC
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
Blog Casa de Viver
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
Blog Casa de Viver
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
do UOL
Topo