Limpeza de casa

Máquina de lavar não é tudo igual, mas abertura não interfere na eficiência

Patrícia Guimarães

Colaboração para o UOL

09/11/2016 07h02

Uma boa lavadora é essencial para quem quer manter as roupas bem limpas e com aspecto de novas. Mas na hora de adquirir o produto, muita gente ainda fica confusa: devo escolher o modelo com abertura superior (top load) ou frontal (front load)? Como por muitos anos as máquinas com carregamento "por cima" eram as únicas disponíveis no mercado, ainda há certa desconfiança quanto as versões em que as peças entram pela frente. Uma coisa é certa: não é possível determinar, apenas pelo tipo de abertura, qual a melhor máquina de lavar.

Consumo de energia e eficiência de lavagem

Getty Images/ Montagem UOL
O que determina a eficiência da máquina é um conjunto de fatores, não o tipo de abertura Imagem: Getty Images/ Montagem UOL
A eficiência de lavagem sofre influência de quatro fatores principais: ações mecânica e química (provocada pelos detergentes), temperatura e tempo de lavagem (relacionados aos ciclos). Logo, quanto melhor for a combinação desses elementos, mais eficaz será o desempenho para a limpeza de determinado tipo de tecido.

O Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), no entanto, testa os equipamentos de forma padrão por meio do Programa de Eficiência Energética. Nele, são avaliados o funcionamento dos produtos disponíveis no mercado em termos de lavagem e consumo de energia. É a partir desses testes que é concedido o selo Procel (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica). Clicando nos links a seguir, é possível conferir a etiquetagem dos eletrodomésticos top load (abertura superior) e front load (abertura frontal).

Conservação das roupas

A máquina com abertura frontal possui um sistema chamado de tombamento (que move a roupa para cima e para baixo). Isso quer dizer que a ação mecânica é menor se comparada a do mecanismo usado pela lavadora com abertura superior, que emprega a agitação por pás e gera, portanto, atrito direto. Assim sendo, o modelo frontal tende a ser mais adequado para roupas delicadas como seda e lã e peças mais comuns, como as de algodão, acabam sofrendo menor desgaste ao serem lavadas no correr dos meses.

Consumo de água e de sabão

A máquina de carregamento frontal exige pouca quantidade de água, cerca de 70% menos quando comparada a outros sistemas que incluem o processo manual. Isso acontece porque a roupa não precisa ser submersa para que seja higienizada. Do mesmo modo, esse tipo de lavadora consome menor quantidade de detergente em pó, pois a quantia do produto é influenciada diretamente pelo tanto de água empregado na lavagem. Os especialistas chamam isso de relação de banho: se o eletro demanda menos água, a necessidade de detergente em pó também será menor.

Uma curiosidade sobre o uso do sabão está no fato de que a espuma gerada por ele não influencia na capacidade de lavagem. Atualmente, as fabricantes adicionam aos detergentes agentes geradores de espuma apenas pelo fato de muitos usuários ainda considerá-la um fator importante, uma espécie de "indicativo de eficiência". No caso das máquinas com abertura frontal, no entanto, o excesso de espuma é problemático, porque pode causar transbordamento.

Ainda não sei qual escolher!

Em dezembro de 2015, a Proteste testou 12 modelos de máquinas de lavar roupa (com aberturas superior e frontal) e concluiu que a metade teve desempenho ruim. Para chegar a tal resultado foram avaliados quesitos como eficiência de lavagem; eficácia de centrifugação; consumo de água e energia; ruído; qualidade dos manuais de instrução e desempenho de secagem (nas que contavam com tal função).

Recentemente, a associação refez os testes e avaliou 22 equipamentos, sendo 18 lavadoras e quatro "lava-e-seca". A boa notícia e que, de maneira geral, as máquinas apresentaram melhora no desempenho em comparação com os produtos avaliados no ano passado. Quando usadas com água fria (nos programas mais usuais de cada uma e que consideram lavagem normal/ diária, tecidos de algodão e roupas brancas sujas) e a carga de 5 kg de roupa (seca), os resultados foram parecidos tanto para as versões com abertura frontal, quanto superior: a higienização das peças foi boa.

Nas lavadoras com opção de lavagem a quente, a retirada de manchas é mais eficaz do que se vê nos ciclos que empregam água fria, diante das mesmas condições de uso (exceto pela temperatura da água). Para o bolso, no entanto, garantir mais limpeza pode não ser tão vantajoso: em um dos modelos testados, a alta na conta de luz (considerado o prazo de 30 dias) foi de R$ 55,18.

Para economizar, pesquise

Com relação aos valores dos produtos, vale a dica da boa e velha pesquisa. Enquanto as máquinas com abertura superior, consideradas de boa qualidade pelo estudo, apresentaram valores que variam de R$ 809 a R$ 3.093; uma lavadora com abertura frontal pode custar entre R$ 1.812 e R$ 2.184 (preços pesquisados pela Proteste em outubro de 2016).

Independente do eletro escolhido, a dica da organização é que o consumidor sempre use o equpamento com uma carga menor do que a declarada como capacidade máxima pela fabricante. O ideal é que o volume do tambor seja preenchido sem que as roupas sejam pressionadas. Como resultados dos testes, a Proteste indica os produtos abaixo para compra.

Fontes: Gabriele Paula de Oliveira, pesquisadora assistente do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas); Maria Margarida Andrade, diretora na MHC Technology & Consumer Trends, laboratório responsável pelos testes de eficiência energética do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia); e Proteste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Folha de S.Paulo
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo - Casa e Decoração
do UOL
Revista Ana Maria
do UOL
do UOL
do UOL
Revista Ana Maria
Revista Ana Maria
Revista Ana Maria
Revista Ana Maria
Revista Ana Maria
do UOL
Revista Ana Maria
do UOL
do UOL
Folha de S. Paulo
Revista Ana Maria
Casa e Decoração
Casa e Decoração
Casa e Decoração
Casa e Decoração
do UOL
BBel
Casa e Decoração
Revista Ana Maria
BBC
Revista Ana Maria
do UOL
BBel
do UOL
Revista Ana Maria
UOL Estilo
BBel
Revista Minha Casa
Revista Ana Maria
do UOL
Folha de S. Paulo
Revista Ana Maria
Revista Ana Maria
Casa e Decoração
Casa e Decoração
Revista Ana Maria
BBel
do UOL
Revista Ana Maria
Topo