Casa e decoração

Essas 8 dicas vão fazer você economizar tempo e dinheiro no supermercado

iStock
Imagem: iStock

Marcelo Testoni

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/04/2017 04h00

Para gastar menos no supermercado é preciso se organizar antes de sair de casa. Por isso, fazer uma lista de compras não é chatice ou bobagem, e sim algo essencial: com ela, fica mais claro saber quais itens comprar e em que quantidade, evitando desperdícios. Os mais tradicionais podem recorrer ao papel, mas as versões digitais, formuladas ou baixadas em aplicativos para celular, são práticas e têm conquistado cada vez mais adeptos. Seja como for, o importante é tomar nota e se controlar para não cair na tentação de levar o que é supérfluo. Confira abaixo dicas para compras mais objetivas e econômicas:

Deixe a lista à mostra

A lista física não deve ser descartada e deve ficar em um lugar de destaque na casa. Vale um quadrinho de vidro pregado na cozinha, prendê-la com ímã de geladeira ou até mesmo recorrer à tinta do tipo lousa para deixá-la anotada na parede. Assim, a lista pode ser compartilhada entre todos os moradores da casa, que podem anotar tudo o que precisam comprar.

Liste por pessoa e imponha limites

No caso de compra em família, estipule previamente um valor total para a compra e divida-o por pessoa. “A divisão não precisa ser igual, você pode gastar mais no produto de uma ou outra pessoa, mas atente-se para que as necessidades individuais não comprometam o orçamento da casa”, destaca Lucas Madaleno, planejador financeiro pessoal da empresa Finanças Para Dois.

Compre muita coisa de vez

Quando há espaço na despensa, a compra mensal é bem-vinda, principalmente se for feita em atacados, onde a aquisição dos produtos em maior quantidade costuma resultar em economia financeira e de tempo. Deixe a compra semanal para frutas, legumes e verduras. A organizadora pessoal Juliana Faria, da empresa Yru Organizer, diz que é preciso repensar a frequência do consumo. “Talvez a compra fragmentada não seja a mais ideal, principalmente para quem não consegue resistir às prateleiras e acaba sempre comprando supérfluos”.

Evite os finais de semana

Os dias do fim de semana são os piores para se fazer compras, pois os supermercados estão movimentados e o corre-corre pode influenciar a comprar por impulso. Geralmente, as quartas-feiras são os melhores dias para compras grandes, pois os supermercados e atacados fazem promoções e a qualidade e a oferta de itens como frutas e verduras costumam ser melhores. A segunda quinzena também é ótima: há queda nas vendas e mais chances de se encontrar produtos com descontos.

Setorize a busca por produtos

“Se você costuma frequentar o mesmo estabelecimento sempre, organize os produtos da lista de compras pela sequência dos corredores, por exemplo, geladeira, limpeza, bebidas”, explica Juliana. Dessa forma, a compra fica mais ágil e não há risco de ter que retornar a setores do supermercado que já tenham sido percorridos minutos antes.

Organize o carrinho

É importante manter a organização também dentro do carrinho, pois ele funciona como uma bússola para as compras. Segundo Juliana, ao olhar para ele, você deve ter um panorama geral de tudo o que está adquirindo, para perceber o que falta ou o que não é necessário. Para ajeitar os produtos nele, a regra é simples: dividir por grupos. Os itens devem ser unidos pelo conteúdo e não pela aparência das embalagens. A dica é enfileirar todos os iguais e só depois partir para as pilhas -- assim, um produto não corre o risco de ficar encoberto por outro e você comprar mais do que precisa.

Tire proveito dos apps

Para quem tem uma vida atarefada, Juliana recomenda o uso de plataformas para smartphones ou tablets. Com o site ou o aplicativo Home Refill, por exemplo, dá para programar as compras básicas e escolher entre mais de mil produtos, mesmo estando no trabalho ou fora de casa. A entrega é feita sete dias após o pagamento com cartão de crédito, sem frete. O serviço ainda mostra opções mais baratas e o preço do produto em lojas físicas -- a economia pode chegar a 15%. Outras opções são os aplicativos iList Touch, Boa Lista, QQFalta, Lista Mágica, MeuCarrinho e Wunderlist. Em alguns deles, a lista fica gravada após a primeira compra, o que facilita as seguintes.

Monte cardápios

Para economizar bastante e evitar que falte algum alimento indispensável, como o leite do café da manhã, monte cardápios para todas as refeições. “Isso facilita a compra do que é realmente necessário e também evita que itens sejam desperdiçados ou estraguem”, observa Juliana. Outra dica é anotar na lista os produtos essenciais assim que o último exemplar for consumido.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog Casa de Viver
BBC
UOL Estilo
UOL Estilo
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
BBC
do UOL
Casa e Decoração
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
Casa e Decoração
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
do UOL
Casa e Decoração
Casa e Decoração
do UOL
do UOL
do UOL
Topo