Casa e decoração

Jardinagem: coloque os vasos para dentro e mais dicas para dias frios

Getty Images
Plantas na janela, Getty Imagem: Getty Images

Patrícia Guimarães

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/08/2017 04h00

Com o frio, as plantas que costumam ser cultivadas nas casas e apartamentos também acabam sofrendo. No entanto, é possível que elas resistam às baixas temperaturas e, com os cuidados certos, cheguem mais fortes na primavera. Veja como.

Proteja seus vasos

Embora a maior parte das espécies estejam disponíveis para venda durante o ano todo e pareçam sempre cheias de vida, em casa a situação muda. "As plantas, assim como as frutas, são cultivadas nas estufas. Nesses locais, elas têm temperatura e luminosidade constantes. Para que possam florir, elas precisam ter um determinado número de horas de luz. Na estufa, elas têm isso", explica a engenheira agrônoma pela Esalq-USP e mestre e doutora em Botânica pela Unicamp Dionete Santin.

Por esse motivo, quando elas chegam em casa, sobretudo no inverno, quando estamos falando de plantas tropicais, os cuidados precisam ser redobrados. "Cada espécie tem uma necessidade específica. Mas as de casa, basicamente, têm um mesmo metabolismo. Então, se as plantas são de vaso, e ficam na varanda, é possível trazê-las para dentro. Isso evita que elas se exponham de maneira excessiva ao frio", ensina o biólogo formado pela UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) Vinicius Souza.

Getty Images
Imagem: Getty Images

A professora Dionete Santin, no entanto, diz que é preciso tomar cuidado para evitar que as plantas sejam privadas do sol. "Se a gente tiver um inverno com temperaturas bem baixas é interessante abrigá-las. Mas cada planta reage de um jeito diferente. Por exemplo, algumas precisam estar ao menos perto de uma porta ou janela em que elas possam receber luz", explica.

Outra medida que pode ser adotada, segundo Santin, é colocar os vasinhos que ficam diretamente no chão em cima de estrados de madeira nessa época, evitando o contato direto com a friagem.

Getty Images
Imagem: Getty Images

Lembre-se de que a rega tem medida certa

"No frio, há menos evaporação e menos transpiração da planta. Com isso, a rega precisa ser mais cuidadosa para não encharcar o solo. A água que você está colocando vai sair dali com mais dificuldade", explica o biólogo e paisagista da Quero Verde Alex Carvalho.

"A gente tem sempre que observar que tanto faz mal para a planta a falta de água quanto o excesso. Uma das coisas fáceis de fazer para perceber se a planta está precisando de água ou não é colocar o dedo na terra: se estiver úmido, não precisa molhar", afirma Dionente

Uma dica do biólogo Vinicius Souza é fazer um revestimento da superfície do solo do vaso com folhas secas. "A gente chama de cobertura morta, e isso vai manter aquele solo nutritivo e úmido. Porque o frio costuma secar não só a planta, mas também o solo. Então é interessante manter essa camada de folhas, que podem ser da própria planta, só para garantir que o solo esteja sempre rico em nutrientes."

Getty Images
Imagem: Getty Images

Dedique cuidados especiais ao jardim

No caso em que as plantas estão cultivadas diretamente no chão, o porte e a profundidade da raiz determinam a rega. "As maiores, normalmente, precisam de mais água. As frutíferas, também. As plantas de solo arenoso, como cactos, não precisam de tanta água. Mesmo que em um jardim tenha espécies diferentes de plantas, informe-se sobre a necessidade de frequência de rega de cada uma", ensina Carvalho. 

Segundo Santin, as que são arbustos ou arvoretas podem passar por uma poda; uma poda de limpeza, em que são retirados ramos mortos ou que estão com podridão. Todo esse cuidado faz com que o sol penetre mais nessas plantas, permitindo que elas façam uma melhor fotossíntese e fiquem mais bonitas depois."

A adubação também não deve ser esquecida. "Uma série de adubos que são vendidos em pequenas quantidades: em caixinhas; em saquinhos, inclusive com indicações de como usar", diz ela.

Se puder, escolha as que não se incomodam com o frio

Quem ama plantas pode ter uma ajudinha a mais na hora de mantê-las bonitas em casa se escolher as espécies mais resistentes ao frio. De acordo com o biólogo Alex Carvalho, são bons exemplos no caso do cultivo em áreas externas os pinheiros e ciprestes, que são coníferas; boca de leão; amor-perfeito. Existem outras que florescem no inverno também como a azaleia e a gardênia. Ele completa a lista ainda destacando as camélias, gérberas, tulipas e lavandas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
UOL Estilo
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
UOL Estilo
do UOL
Blog Casa de Viver
BBC
UOL Estilo
UOL Estilo
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
Blog Casa de Viver
do UOL
BBC
do UOL
Casa e Decoração
Blog Casa de Viver
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
Casa e Decoração
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
Topo