Estilo de vida

Vila chique, prédio tem desenho elaborado e terraços para curtir a fresca

Ledy Valporto Leal

Do UOL, em São Paulo

Uma vila ou um prédio? Os dois. Um prédio na forma e uma vila no que diz respeito à legislação. Essa é a configuração do Vila Aspicuelta, projetado pelo escritório Tacoa Arquitetos Associados - que tem como titulares Rodrigo Cerviño Lopez e Fernando Falcon - e construído num terreno com 14 m x 47 m, na Vila Madalena, bairro da capital paulistana conhecido por sua vida boêmia e alternativa.

Na Vila, para ser enquadrada como “vila”, a edificação conta com unidades habitacionais independentes e acessíveis por uma ruazinha particular descoberta e articulada em um único ponto com uma via pública e devendo assegurar vagas para estacionamento de veículos dos moradores.

Para a arquitetura, uma decisão foi de caráter fundamental: evitar a construção de estacionamento subterrâneo pelo custo, neste caso, agravado pela presença de um lençol freático. Por outro lado, a intenção de dotar cada unidade de um terraço-jardim com canteiros com 0,6 m de profundidade - de modo a possibilitar o plantio de árvores de pequeno porte –, implicou na adoção de pé-direito de 2,3 m para o estacionamento, mínimo permitido, tendo em vista que a altura máxima da edificação deveria ser de nove metros.

Elevado e sinuoso

Era propósito inicial dos arquitetos criar um volume edificado “suspenso no ar”, ou tecnicamente falando, com o vigamento transversal apoiado nos dois muros laterais. No entanto, a exigência legal de uma faixa com três metros de largura, contínua e descoberta para circulação de pedestres, inviabilizou esta solução na face oeste. Diante desta limitação legal, os projetistas adotaram um desenho dinâmico e criativo – um ziguezague – para o sistema de apoios naquele lado.

Na lateral onde deveria estar a circulação, portanto, quatro pilares repousam diretamente no solo, junto às caixas envidraçadas das circulações verticais, e outros cinco, dispostos alternadamente, têm suas cargas transferidas do piso superior para pontos no solo, através dos guarda-corpos das escadas, que comportam-se como vigas. A fachada oeste é “configurada formalmente como um único e ondulado objeto”, ressaltam os autores do projeto.

Pisos, madeira e verde

No primeiro andar de cada uma das oito unidades com 100 m² estão as salas de estar e jantar e a cozinha conjugada, enquanto o piso superior abriga suíte, área de trabalho e lavanderia. Na cobertura posicionam-se os jardins individuais que propiciam aos moradores vistas generosas do bairro. Todos esses ambientes desfrutam da mesma orientação (leste) e contam com uma franca ventilação cruzada.

À frente do lote há um pequeno volume com paredes cegas de madeira freijó que abriga portaria e dependências de serviço. Nas laterais do bloco, estão os acessos dos moradores e de veículos. No conjunto da fachada, o jardim vertical que ocupa os 40 m² da parede frontal do edifício ganha destaque como “um outdoor vivo para a cidade” como definem os arquitetos.

Ficha técnica

Vila Aspicuelta, São Paulo (SP)

Projeto de Tacoa Arquitetos Associados

Detalhes do projeto
  • Área do Terreno 915 m²
  • Área Construída 590 m²
  • Início do Projeto Junho 2010
  • Conclusão da Obra Junho 2013
  • Projeto Tacoa Arquitetos Associados
  • Equipe Rodrigo Cerviño e Fernando Falcon
  • Projeto de Arquitetura Tacoa Arquitetos Associados
  • Projeto de Decoração Rafael Loschiavo e Veronica Molina (apê fotografado)
  • Projeto de Paisagismo Movimento 90°
UOL Mulher - Moda
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
Redação
Redação
Moda
Redação
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
Redação
Redação
do UOL
UOL Estilo
Estilo
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Moda
do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
UOL Estilo
Redação
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
Moda
do UOL
Redação
Topo