Casamento

São Paulo terá pela primeira vez a Parada das Noivas

Reuters
Vestidas para casar: mulheres participam da Parada das Noivas em Bucareste, na Romênia Imagem: Reuters

21/10/2011 11h56

São Paulo - Casada há um ano, a empresária Isabel Gimenes, de 28 anos, não precisa mais lamentar o "desperdício" de ter usado o vestido de noiva apenas uma vez. Sem precisar arrumar outro marido, contratar igreja ou festa, ela vai poder vestir novamente o modelo no domingo (23), durante a primeira edição brasileira da Brides Parade, evento que já ocorre em países como Rússia, Nova Zelândia e Portugal.

"Descobri a parada das noivas pela internet e adorei a ideia de poder usar de novo meu vestido. E desta vez sem tanta preocupação com o protocolo, podendo ousar um pouco mais", diz Isabel. "Sempre fui meio exibida e estou achando ótima essa oportunidade de mostrar o modelo desenhado por mim mesma". A parada terá concentração às 10 horas na Praça Júlio Fontoura, entre a Assembleia Legislativa e o Clube Círculo Militar, no Ibirapuera, zona sul de São Paulo. De lá, seguirá em carreata de limusines e carros antigos até a Avenida Paulista. A Prefeitura autorizou fechar o Parque Trianon no dia, um domingo, só para o evento.

"Não queremos produzir um movimento político ou comercial, mas cultural, de reforço de uma instituição que muita gente considera falida e, na verdade, não para de crescer", diz o empresário do mercado casamenteiro Fredh Hoss, organizador do evento. O interesse de Hoss pode não ser diretamente comercial, mas ele mesmo fala da mídia espontânea que a Brides Parade deve promover em um mercado que movimenta R$ 4 bilhões por ano no Brasil. "Em Portugal, eles fizeram o cálculo: a parada teve um retorno de meio milhão de euros em mídia", diz, animado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Finanças Pessoais - Investimentos
EFE
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
ANSA
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Da Redação
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
Redação
do UOL
do UOL
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Casamento
TV e Famosos
do UOL
do UOL
do UOL
Topo