Casamento

Grã-Bretanha retira convite a embaixador da Síria para o casamento real

John Stillwell/Reuters
Convite de casamento do Príncipe William e Kate Middleton, tirada no Palácio de Buckingham, em Londres (21/2/2011). Os 2 mil convites trazem a insígnia da rainha Elizabeth estampada em ouro polido imagem: John Stillwell/Reuters

O Ministério das Relações Exteriores da Grã-Bretanha retirou nesta quinta-feira (28) o convite feito ao embaixador da Síria para o casamento do príncipe William com Kate Middleton.

 
Um porta-voz do ministério afirmou que o ministro William Hague decidiu que a presença do embaixador Sami Khiyami na cerimônia seria "inaceitável", à luz da repressão violenta dos protestos contra o governo que ocorrem na Síria. O ministério afirmou que o Palácio de Buckingham compartilha da opinião.
 
Centenas de pessoas morreram na Síria desde que os protestos contra o governo do presidente Bashar al-Assad começaram no país, no começo de março.
 
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo