Casamento

Repleta de história, Abadia de Westminster será o cenário do casamento real

REUTERS/Toby
Interior da abadia de Westminster, a igreja mais importante de Londres. O local servirá de cenário para o casamento do príncipe William com Kate Middeleton, em 29 de abril de 2011 imagem: REUTERS/Toby

Redação Central, 25 abr (EFE).- No dia 29 de abril, a Abadia de Westminster, um lugar carregado de história e muito ligado à família real britânica, será o cenário do casamento do príncipe William e Kate Middleton.

Com mais de mil anos de história, a abadia londrina abrigou a coroação de reis desde que no Natal de 1066 subiu ao trono William I, o Conquistador.

A última coroação ocorrida em Westminster foi a de Elizabeth II, em 2 de junho de 1953, em cerimônia que foi transmitida pela televisão e possibilitou que milhões de pessoas no mundo todo conhecessem a beleza do templo.

Seu nome formal é Igreja Colegiata de São Pedro e, ao contrário da maioria dos templos britânicos, tem o monarca como seu responsável. Situada em frente ao parlamento britânico, às margens do rio Tâmisa, é o edifício gótico mais importante do país, e sua construção adota o modelo francês, inspirada na catedral de Reims, local de coroação dos reis da França. No entanto, também foram introduzidos elementos da tradição anglo-normanda, como a Cadeira da Coroação, construída em 1301.

Sua única nave é a maior da Inglaterra, e seu piso, construído no século XIII, é decorado com cosmatescos, que foram tampados com tapetes durante 150 anos e mostrados ao público pela primeira vez em maio de 2010, após um longo e exaustivo trabalho de restauração.

Os principais reis que contribuíram para engrandecer e embelezar o templo foram Edgar (no século X), Henrique III (século XIII), Henrique VII (século XVI) e George II (século XVIII).

Os muros da Abadia de Westminster acolheram também funerais reais, entre eles o de Diana, a mãe do príncipe William, em 1997, e o da rainha mãe, em 9 de abril de 2002. Também foram enterrados 17 monarcas e personalidades de destaque da história nacional, como Isaac Newton, Charles Dickens e Charles Darwin.

A Abadia de Westminster não foi um lugar comum de realização de casamentos reais até o século XX. Foi a princesa Patricia, neta da rainha Vitória, com seu casamento em 1919, quem começou esta tendência, que se manteve desde então.

Seguiram seus passos a princesa Mary, filha do George V, que se casou em 1922, e seu irmão Albert, o duque de York, que um ano depois se casou com Elizabeth Bowes-Lyon.

Estes últimos, pais da rainha Elizabeth II e da princesa Margaret, se transformaram em reis após a abdicação de Eduardo VIII, em dezembro de 1936.

Este foi também o lugar eleito pela então princesa Elizabeth para contrair matrimônio com Philip de Edimburgo, em 20 de novembro de 1947, em cerimônia marcada pela austeridade do pós-guerra.

Sua irmã, a princesa Margaret, também optou por este templo para se casar com Anthony Armstrong-Jones em 1960, da mesma forma que a princesa Anne da Inglaterra, única filha de Elizabeth II, que em 1973 casou-se com Mark Phillips.

O último casamento de um membro da família real britânica realizado até agora foi o do príncipe Andrew, duque de York, que em julho de 1986 se uniu a Sarah Ferguson.

O príncipe Charles, herdeiro de Elizabeth II, elegeu a catedral de Saint Paul para contrair matrimônio com Diana Spencer, em 1981. Mas agora seu primogênito, o príncipe William, retomou a tradição e elegeu a Abadia de Westminster para celebrar seu casamento com Kate Middleton.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
UOL Economia
do UOL
UOL Economia
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Casamento
Casamento
Redação
do UOL
do UOL
Casamento
Virgula
UOL Economia
Virgula
Casamento
Casamento
do UOL
Casamento
Casamento
Folha de S. Paulo
do UOL
Moda
do UOL
RedeTV! Entretenimento
Virgula
do UOL
do UOL
Casamento
do UOL
do UOL
do UOL
RedeTV!
Yes Wedding
Yes Wedding
Yes Wedding
Yes Wedding
Yes Wedding
Yes Wedding
Yes Wedding
Casamento
do UOL
Yes Wedding
redetv
Topo