Casamento

Misturas de flores e elementos inusitados garantem buquês exóticos

Mayara Alves

Do UOL, em São Paulo

19/07/2013 07h15

O clássico buquê de rosas brancas ainda marca presença nas mãos de muitas noivas, mas arranjos para lá de exóticos e elaborados também estão invadido os altares. Segundo a florista Lídia Freixo, isso se deve ao fato de os casais desejarem, cada vez mais, festas com novas ideias e projetos inovadores, "com mais cenografia". E os buquês, é claro, integram esta tendência.


Mais do que ser exótico e inovador, entretanto, é preciso que o buquê tenha tudo a ver com a noiva. "Aquelas que fazem pedidos mais inusitados de arranjos são as que querem fugir do comum, que gostam de usar elementos criativos inclusive no próprio dia a dia", diz Carla Campos, da Flor & Forma. 
 

Mix na dose certa

E a criatividade pode vir de uma mistura inusitada de flores, do uso de frutas, especiarias, sementes, folhas secas, penas, papel e broches, entre outros elementos. Há uma liberdade sem fim para a noiva deixar o buquê do jeitinho que ela deseja. Só que nem tudo é recomendado, já que alguns podem representar exagero e até descaracterizar o arranjo.

“É importante colocar itens que não tirem a leveza do buquê, como frutas pesadas e legumes grosseiros. Procuro orientar a noiva e sugerir o que fazer para tornar seu sonho realidade, mas sempre com detalhes sutis, que embelezem e não comprometam a harmonia do conjunto”, explica Lídia.

Outro ponto importante lembrado por Bia Sandoval, decoradora de eventos e florista, é sobre as superstições exageradas. “O fato de a noiva suspeitar de mau-olhado das convidadas pode ofendê-las e acabar ficando até deselegante”, alerta Bia. Por isso, se há alguma superstição, colocá-la em detalhes sutis é o mais indicado.

“Uma vez, uma cliente queria um buquê inteiro de folhas de arruda. Mas, por ser em grande quantidade, o cheiro seria muito forte. No final, consegui convencê-la de que apenas um galho pequeno em um modelo de buquê verde já era o suficiente. Ela adorou!”, lembra Lídia.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Casamento
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Economia
Topo