Casamento

Noiva com fibrose cística faz casamento de sonho após transplante negado

Reprodução/Instagram
Caleigh no dia do "sim" Imagem: Reprodução/Instagram

do UOL, em São Paulo

30/10/2017 15h29

Aos 27 anos, a americana Caleigh Haber sofre de fibrose cística, uma doença pulmonar que causa falência respiratória progressiva e que, no seu caso, pode levar à morte.

Veja também

Em outubro de 2015, Caleigh recebeu um transplante duplo — ou seja, dois novos pulmões —, mas seu corpo acabou rejeitando os novos órgãos. Há cinco meses, em uma consulta, ela ouviu dos médicos que não havia recomendação oficial para o novo transplante do qual ela precisaria. O motivo? Seu organismo estava tão debilitado que a cirurgia seria fatal.

"Com este prognóstico, eu tenho a opção de "lutar ou fugir" no que diz respeito aos próximos passos da minha vida — continuar tentando mudar a cabeça das pessoas em hospitais para me transplantar ou viver o resto dos meus dias na minha ilha favorita no Havaí, em tratamento paliativo", disse em seu Facebook

Ela e o então namorado de um ano, Bryan Takayama, também de 27 anos, decidiram realmente aproveitar o restante de sua vida, juntos.

Além de ser o principal cuidador de Caleigh, já que ela agora está com falência renal, Bryan é também seu marido. A cerimônia aconteceu no último sábado, 28, depois de apenas sete dias de planejamento, graças às doações de internautas e a organização de Tiffany Au, melhor amiga de Caleigh. "Eu sinto que cada frase que eles trocam começa e termina com 'eu te amo'", disse a amiga à rede de tevê americana "NBC".

A festa aconteceu na Califórnia, onde os noivos moram atualmente, e teve seus fundos levantados através de uma página no site GoFundMe. Como o valor inicial de US$ 10 mil foi alcançado, o objetivo foi expandido para US$ 35 mil — montante que pode ajudar a custear a lua de mel do casal no destino dos sonhos da noiva, além de despesas médicas dela e de outros pacientes com a mesma doença.

"Pelo bem do Bryan, da minha família e por causa dos meus objetivos pessoais de ter um futuro, eu realmente quero tentar que um hospital me aceite. Enquanto isso, nós não queremos desperdiçar nenhum dia sentados esperando. Se eles não me aceitarem, estamos escolhendo fazer nossas malas e nos mudar para o Havaí para ficar. É o meu lugar de felicidade", disse Caleigh à emissora.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
Redação
Redação
do UOL
do UOL
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Casamento
TV e Famosos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
Casamento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo