Casamento

Tici Pinheiro sobre Tralli: "Não fuço o celular dele porque tenho a senha"

Reprodução/Instagram
Cesar Tralli também comemorou a união com Ticiane Pinheiro Imagem: Reprodução/Instagram

do UOL, em São Paulo

28/11/2017 09h56

Os preparativos para a união de Ticiane Pinheiro e César Tralli estão quase no fim: o casal diz "sim" no próximo dia 2 de dezembro em Campos do Jordão. E, em conversa com o UOL durante o 6º Jantar Ressoar Solidário, que aconteceu nesta segunda, 27, em São Paulo, a noiva entregou que há apenas dois detalhes pendentes: seu buquê e o penteado para subir ao altar.

"Com o buquê, às vezes fico em dúvida... E o cabelo também. Eu sou geminiana, né? Então já mudei várias vezes o vestido. Mas, o resto, está tudo certo porque o César está tomando conta. A gente escolheu tudo juntos, mas ele fica no pé, é uma pessoa mais organizada. Eu sou mais "no final tudo dá certo", sabe?", revelou.

Veja também

Tici ainda diz que tem lidado bem com as expectativas para a festa. "A ansiedade é grande, mas, ao mesmo tempo, como estou trabalhando tanto, acabo não sentindo, sabe? Acho que, quando eu entrar no carro pra ir pra Campos, pegar a estrada, aí...", se diverte.

A apresentadora da Record ainda contou que tem tido que driblar a ansiedade do casamento e os compromissos profissionais para estar com a filha, Rafaella Justus, neste momento. "Hoje eu a deixei com o César pra vir neste jantar. Eles vão dormir na minha cama, chegando lá, eu vou só me enfiar! (risos)".

Segundo ela, Rafinha está muito feliz por participar da festa com o pai, o publicitário Roberto Justus, ex de Tici. "O Roberto é um superpai e é uma pessoa muito presente na vida da Rafa. A gente tem uma criança de 8 anos juntos e é amigo, então é isso: eu o convidei pro nosso casamento, ele vai e vai ser muito gostoso". 

A relação com Tralli

Tici ainda explicou a dinâmica de confiança que mantém com o futuro marido. "Eu não fuço [o celular dele] porque tenho a senha. Quando a pessoa deixa tudo ali, você não tem essa vontade. Acho que a mulher é curiosa com o proibido", afirma.

Mas este voto de confiança é uma via de mão dupla. "Ele tem a minha senha, eu tenho a senha dele. É uma data especial [o casamento], então, às vezes, ele fala: 'Tici, chegou uma mensagem, dá uma olhada aí?'. E eu também falo: 'responde pra mim?'. É muito legal ter uma relação aberta assim, em que a pessoa pode realmente saber que não tem segredo nenhum. Muitos casamentos e namoros acabam por causa de celular, Facebook e essas coisas, mas a gente, graças a deus, tem uma relação muito transparente", concluiu. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

EFE
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
Redação
do UOL
do UOL
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Mulher - Casamento
TV e Famosos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
Casamento
do UOL
do UOL
do UOL
Topo