Comportamento

7 coisas para evitar se você não quiser irritar seus amigos do Facebook

Por Claudia Dias

Colaboração para o UOL

09/09/2017 04h00

Ter carisma nas redes sociais pode não ser tarefa das mais fáceis quando você ultrapassa a linha do bom senso na convivência virtual. "Ah, mas eu não faço nada demais". Será mesmo? Listamos algumas das situações que mais irritam os usuários do Facebook. Melhor dar uma olhada. Caso se identifique, é bom rever suas atitudes online, porque depois não adianta reclamar que foi bloqueado pelos amigos, não é?

  • Publicar imagens e vídeos chocantes

    Violência e crueldade contra pessoas e animais afetam o bem-estar da timeline. "Acho desnecessárias imagens para chocar, tipo: foto de animais sendo abatidos ou maltratados, ou de alguém acidentado ou morto", aponta a designer Debora Medau. Para não ser visto como "o" desagradável do Face, pense dez vezes antes de compartilhar algo assim.

  • Marcar todo mundo nas postagens

    Quer que as pessoas vejam seus posts? Use de outros artifícios, mas não adicione o nome de toda sua lista nos compartilhamentos que faz -- sejam eventos, festas, jobs ou mesmo agradecimentos. "Odeio que me marquem em publicações em massa e sem contexto. Removo tudo!", conta a jornalista Flavia Saad.

  • Apelar para os "améns"

    Se você não quer tumultuar o feed alheio, chega de passar para a frente imagens de crianças sofrendo com pedidos de oração e de "amém". "Esse negócio de 'não role sem dizer amém'? Aff! Detesto!", diz a professora e artesã Luzia Gonçalves Oliveira.

  • Transformar o feed em diário

    Tem gente que leva a pergunta "No que você está pensando, fulano?" ao extremo e entope a timeline amiga com todos os detalhes do dia a dia. "Detesto quando as pessoas usam as redes sociais como diário íntimo. Sabe aquela coisa de ficar contando seus sentimentos, tudo o que faz? Não dá...", comenta a artista plástica Silvana Lopes.

  • Adicionar sem perguntar

    Quando é consensual, tudo bem, mas sair incluindo todos os conhecidos nas discussões e grupos infinitos do Face, é pedir para ser gongado. "Adicionar em grupos e conversas com mais pessoas (inbox) sem perguntar antes é péssimo", avalia a designer Andrea Neris, que considera a atitude tão ruim quanto ser marcada em posts com assuntos que não são de seu interesse.

  • Não checar as fontes

    Você clica naquele link e? Batata! Notícia falsa! Mas como assim, vindo de uma pessoa tão confiável? Pois é. Faltou ao dono do compartilhamento fazer uma rápida busca no Google para confirmar a informação. E isso irrita MUITO quem cai na armadilha. "O que me deixa mais furiosa são as notícias falsas que colocam na timeline! Ninguém checa nada!!!", reclama a advogada Elisandreia Rodrigues.

  • Disparar indiretas do mal

    Ah, os recadinhos sem destinatário definido ou comentários sem dar nomes aos bois? Pipocam o tempo todo na rede social, não é? E são horríveis! "Odeio indiretas para outras pessoas via timeline", afirma o jornalista Fabio Donadio. Sem contar que a maioria dos "posts" são textões mal-humorados que dissipam mais negatividade.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
do UOL
Blog do Fred Mattos
Comportamento
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog da Morango
Redação
BBC
Redação
do UOL
Redação
Redação
BBC
Redação
BBC
Redação
Beleza e maternidade
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Comportamento
do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo