Vida no trabalho

8 filmes na Netflix com lições importantes para sua carreira

Heloísa Noronha

Colaboração para o UOL

14/08/2017 04h00

Passar horas na Netflix não significa necessariamente curtir uma preguicinha jogado no sofá. Há produções emocionantes, com pitadas de suspense, ironia e drama que são uma maneira divertida de aprender habilidades profissionais interessantes e úteis, como negociação, administração de conflitos, resiliência, superação e até enfrentamento de crises e conflitos.

Confira abaixo algumas sugestões.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Fome de Poder (2017), de John Lee Hancock

    Excelente escolha para demonstrar a importância de nunca desistir dos seus sonhos e objetivos. Michael Keaton encarna o empresário Ray Kroc, responsável pela criação e ascensão da rede de fast food Mc Donald's. Antes de se tornar um prestigiado homem de negócios, Ray trabalhava como vendedor ambulante de uma empresa que fabricava máquinas de milkshake. Além de mostrar por que nem sempre é bom buscar o imediatismo de resultados, a produção aborda como lidar com frustrações, a importância de seguir o instinto e até técnicas interessantes de vendas, negociação e marketing pessoal.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Intocáveis (2011), de Eric Toledano e Olivier Nakache

    Quem tem dificuldades de relacionamento ou de entender outros pontos de vista vai se emocionar com esse drama que conta a história de Philippe, um aristocrata que fica tetraplégico após um acidente. Ele contrata o problemático Driss (Omar Sy) como auxiliar.

    Embora cometa vários micos pela falta de experiência, Driss conquista a afeição e a amizade do patrão por não tratá-lo como um coitado. A troca de experiências e a possibilidade de um conhecer melhor o mundo do outro ensina o valor da empatia e a encarar as pessoas com menos julgamentos.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    O Aluno (2010), de Justin Chadwick

    É baseado na história real do queniano Kimani Maruge Ng?ang?a, que, aos 84 anos, buscou realizar o sonho de aprender a ler e escrever e lutou para entrar e permanecer numa escola infantil. Sua obstinação e a luta da professora para ajudá-lo são exemplos de como estabelecer metas de vida e não abandoná-las, apesar de todas as barreiras que surgem.

    A revolta dos moradores da região foi apenas um entre os vários problemas que Kimani, falecido em 2009, enfrentou. Devido ao seu empenho, ele chegou a ser convidado para fazer um discurso na sede da ONU (Organização das Nações Unidas), em Nova York (EUA), sobre o poder da educação.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Conspiração e Poder (2016), de James Vanderbilt

    O filme aborda uma história real, ocorrida em 2004 nos Estados Unidos, sobre a divulgação de informações que comprometeriam a reeleição do presidente George W. Bush. Segundo os documentos mostrados numa reportagem da CBS, Bush teria se aproveitado dos contatos de sua família para não servir na Guerra do Vietnã.

    A denúncia acabou colocando em xeque o trabalho, a ética e o profissionalismo da produtora Mary Papes e do âncora Dan Rather, interpretados por Cate Blanchett e Robert Redford. O longa conduz à reflexão sobre as consequências das acusações sem provas contundentes e sobre como determinados fatos têm vários lados.

  • Imagem: Paramount Pictures
    Paramount Pictures
    Imagem: Paramount Pictures

    Coach Carter - Treino para a Vida (2005), de Thomas Carter

    Com Samuel L. Jackson à frente do elenco, o filme conta a história de como um treinador de basquete foi capaz de motivar um grupo de estudantes com baixas expectativas. Mais do que uma produção que trata a importância do esporte para o autoconhecimento, o longa ajuda a discutir superação, persistência e recuperação de valores para promover realizações e mudanças de vida.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Mr. Selfridge (2013), de Andrew Davies

    Apesar de essa série britânica ter sido cancelada após a quarta temporada, vale muito a pena fazer uma maratona. O enredo se passa em Londres e conta a trajetória do empreendedor Harry Gordon Selfridge (Jeremy Piven), criador da célebre loja de departamentos Selfridge.

    Em 1909, ele iniciou uma verdadeira transformação no mundo do varejo ao colocar em prática ideias visionárias para atrair a atenção das mulheres -- como as inovadoras vitrines, uma referência até hoje. Sua missão de vida era fazer com que as compras soassem tão emocionantes quanto o sexo.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Walt antes do Mickey (2015), de Khoa Lê

    O primeiro grande ensinamento desse filme que conta os primeiros anos do cineasta e produtor cinematográfico Walt Disney (1901-1966) é que as coisas que mais gostamos de fazer na infância podem (e devem) inspirar nossas escolhas ao longo da vida. Desde pequeno, ele tinha por hábito desenhar os animais da fazenda onde morava.

    A segunda lição é que se você quer ser seu próprio patrão e não se submeter a chefe algum, precisa comprar a briga e apostar todas as fichas nisso. Desde que, se possível, se cerque de pessoas confiáveis, dispostas a ralar como você e que completem suas habilidades e competências. E, por último, a produção traz a mensagem otimista de que quem persiste sempre alcança.

  • Imagem: Divulgação/Showtime
    Divulgação/Showtime
    Imagem: Divulgação/Showtime

    Billions (2016), de Andrew Ross Sorkin, Brian Koppelman e David Levien

    Mercado de capitais, poder e política são os temas dessa série com duas temporadas disponíveis na Netflix -- a terceira já foi confirmada e está em andamento. O pano de fundo é Wall Street, o coração financeiro de Nova York.

    "Billions" mostra os conflitos entre Chuck Rhodes (Paul Giamatti), procurador de justiça que almeja o posto de governador, e o bilionário e ambicioso Bobby "Axe" Axelrod (Damian Lewis). Segundo especialistas em carreira, a atração é ótima para quem deseja aprimorar técnicas de gerenciamento de conflitos com equipes e aprender mais sobre negociações complexas e liderança. A cada episódio a história fica cada vez mais interessante e mais lições sobre negócios são ensinadas.

Fonte: Carla Caetano, psicóloga organizacional e coach, de Ribeirão Preto (SP); Gustavo Malavota, consultor de educação empresarial e professor da Universidade Veiga de Almeida, no Rio de Janeiro (RJ); Sidnei Batista, coach, de São Paulo; e Thaizi Morani, mentora de negócios e consultora de gestão empresarial, liderança, atendimento e vendas, do Rio de Janeiro (RJ)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
BBC
BBC
do UOL
Redação
UOL Estilo
Redação
Redação
Redação
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
BBC
BBC
Redação
Redação
UOL Estilo
do UOL
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo