Comportamento

As lições que Barack Obama deixa e que todo mundo pode usar na vida

Do UOL

11/01/2017 14h01

Ocupante de um dos cargos mais tensos do mundo, Barack Obama se despediu de oito anos de mandato com um discurso na noite desta terça-feira (10). O agora ex-presidente norte-americano, no entanto, deixou algumas boas inspirações para qualquer pessoa e pode ajudar bastante nas horas em que dá aquela vontade de apertar o botão vermelho.

  • Imagem: Reprodução/Shepard Fairey
    Reprodução/Shepard Fairey
    Imagem: Reprodução/Shepard Fairey

    "Yes, we can"

    Sabe a história de começar com o pé direito e conquistar a simpatia das pessoas com quem você vai trabalhar? A mensagem que o presidente norte-americano imprimiu no início de seu primeiro mandato mostra que uma postura otimista pode virar uma arma poderosa no marketing pessoal.

  • Imagem: Carlos Barria/Reuters
    Carlos Barria/Reuters
    Imagem: Carlos Barria/Reuters

    Humor é fundamental

    Não foram poucas as demonstrações de senso de humor do presidente norte-americano ao longo dos dois mandatos. Dancinhas, cantoria e até uma imitação de rapper fizeram parte do repertório do "showman" Obama. Mas nada de exageros: piada tem hora e lugar, não só no mundo corporativo, como em qualquer área da vida.

  • Imagem: Pete Souza/Casa Branca
    Pete Souza/Casa Branca
    Imagem: Pete Souza/Casa Branca

    Salve simpatia

    Na hora de ganhar uma eleição ou manter a popularidade, vale abraçar criança, idoso e quem mais estiver por perto. Mas Obama mostrou que é no dia a dia que gestos gentis chamam a atenção, como a postura respeitosa diante de oponentes e simpática ao lado de aliados.

  • Imagem: Carolyn Kaster/AP
    Carolyn Kaster/AP
    Imagem: Carolyn Kaster/AP

    Líder, mas com sentimento

    Demonstrar carinho por amigos e família não faz ninguém ser menos respeitado, muito pelo contrário. Ao mostrar seu zelo pelas filhas Malia e Natasha, além do eterno romance com Michelle, Obama conseguiu ficar ainda mais próximo de seu eleitorado. Ter alguma ideia de como seu chefes e colegas se comportam na vida pessoal? É um passo a mais para criar empatia.

  • Imagem: Mandel NGAN/AFP Photo
    Mandel NGAN/AFP Photo
    Imagem: Mandel NGAN/AFP Photo

    Equilíbrio nos momentos difíceis

    Muitas vezes, perder as estribeiras ou cair no choro parece inevitável, mas demonstrar desequilíbrio pode ser uma verdadeira bomba, seja no mundo do trabalho ou na vida pessoal. Nas horas mais dramáticas, Obama demonstrou que é mais do que humano se emocionar, mas que uma demonstração de empatia vale mais do que mil palavras.

  • Imagem: Pablo Martinez Monsivais/AP
    Pablo Martinez Monsivais/AP
    Imagem: Pablo Martinez Monsivais/AP

    Tratar desafetos com respeito

    Essa exige um tanto de sangue frio, mas o resultado é ótimo: paz de espírito. Está sofrendo alguma situação difícil --como Obama, ao passar o bastão da presidência dos Estados Unidos para um inimigo político? Respire fundo, ensaie sua melhor cara de serenidade e vá fundo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
do UOL
Redação
do UOL
Blog da Morango
Redação
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
do UOL
Blog do Fred Mattos
Comportamento
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog da Morango
Redação
BBC
Redação
do UOL
Redação
Redação
BBC
Redação
BBC
Redação
Beleza e maternidade
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Topo