Comportamento

Rostos imaginários em comida, prédios e objetos viram febre no Instagram

Reprodução/Instagram
Hashtag "iseefaces" (eu vejo rostos, em tradução livre) se espalhou pela rede social Imagem: Reprodução/Instagram

25/08/2015 07h05

Poderia ser mais uma fruta qualquer no café da manhã apressado da inglesa Lammy, que vive e trabalha em Cingapura. Mas ela jura ter visto o rosto de um golfinho em sua banana. Click!

Lammy não está sozinha: a foto que tirou com seu smartphone se uniu a, pelo menos, outros 370 mil cliques associados à hashtag #IseeFaces (algo como #EuvejoRostos, em tradução livre do inglês) no Instagram.

Além de animais em cascas de frutas, usuários da rede social de fotos se divertem sugerindo conjuntos de olhos, bocas e narizes em edifícios, hidrantes, tomadas elétricas, ferros de passar roupa, painéis de carro, cascas de árvores e poças d'água. A lista é longa.

Reprodução/Instagram
Perfis para "encontrar rostos" começaram a aparecer por conta da nova moda Imagem: Reprodução/Instagram


A moda se espalhou a ponto de perfis especializados em encontrar rostos onde eles não existem começarem a pipocar pela rede. Caso do @Storytime_faces, cuja descrição é quase um pedido de ajuda: "eu não consigo parar de ver rostos".

No mesmo embalo, a hashtag #IseeFaces se desdobrou em centenas de "subprodutos", como #IseeFacesEverywhere ("VejoRostosPorTodosOsLados"), #IseeFacesinPlaces ("VejoRostosemLugares") e #IseeFacesinmyKitchen ("VejoRostosnaMinhaCozinha").

Reprodução/Instagram
Cerca de 370 mil cliques associados à hashtag pipocam no Instagram Imagem: Reprodução/Instagram

Uma versão em português da hashtag também aparece, ainda tímida, na rede. Cerca de cem compartilhamentos associados a #EuvejoRostos ou #EuvejoFaces podem ser encontrados no Instagram --a maioria dos brasileiros na rede, entretanto, prefere usar a hashtag na língua de Shakespeare. Já #VeoCaras, versão em espanhol da brincadeira, apareceu quase 17 mil vezes.

A BBC Brasil conversou com adeptos do #IseeFaces em locais tão distintos quanto Rússia e países asiáticos como Coreia do Sul, Cingapura, Malásia, Tailândia e Indonésia. Eles autorizaram a reprodução de seus registros --espalhados ao longo desta reportagem.

Reprodução/Instagram
A diversão sugere encontrar olhos, boca e nariz em edifícios, hidrantes etc Imagem: Reprodução/Instagram

Você também pode mapear rostos imaginários ao redor do mundo: use #IchseheGesichter para encontrar as faces registradas por alemães. Quer ver rostos imaginários em finlandês? Tente #näentässänaaman.

Para encontrar variações em diferentes de idiomas, experimente traduzir "I see Faces" em ferramentas on-line como o Google Tradutor. Copie e cole o resultado (sem espaços), começando pelo caractere # e divirta-se!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

BBC
Redação
Redação
Blog Alto Astral
Redação
Redação
Blog Alto Astral
Blog Deu Match
Redação
do UOL
Redação
EFE
Blog Extraordinárias
Blog Alto Astral
Blog da Morango
Redação
AFP
Redação
EFE
BBC
Blog Alto Astral
Blog Deu Match
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog Alto Astral
do UOL
Redação
Redação
do UOL
AFP
Redação
Redação
Blog Deu Match
Redação
Blog Extraordinárias
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo