Comportamento

Campanha discute suicídio masculino no Reino Unido

Getty Images
No Reino Unido, o suicídio é a principal causa de morte entre homens com menos de 45 anos Imagem: Getty Images

19/11/2015 18h41



Principal causa de mortalidade entre homens com menos de 45 anos no Reino Unido, o suicídio se transformou em uma questão de saúde pública no país. Uma campanha idealizada por uma ONG britânica especializada na assistência psicológica tenta usar a música e as mídias sociais como forma de conscientização.

Em parceria com os sites de vídeos SBTV e Unilad --este último uma das grandes fábricas de "virais" em redes como o Facebook--, a campanha quer encorajar homens a discutir sentimentos e conversar mais abertamente sobre problemas psicológicos.

Divulgação
Rapman participa de vídeo que discute isolamento de que tem problemas psicológicos Imagem: Divulgação

12 mortes por dia

Idealizada pela CALM (sigla em inglês para Campanha Contra Uma Vida Deprimente), a iniciativa, que ganhou o slogan "Não Seja Mais Uma Estatística", tem o endosso do rapper Rapman, para quem o assunto do suicídio masculino traz lembranças pessoais.

"Há uns anos, um amigo me ligou e contou que iria se suicidar. Consegui convencê-lo a procurar tratamento depois de conversar horas com ele pelo telefone", diz Rapman.

"Meses depois ele tinha um novo emprego e uma namorada. Fiquei imaginando o que poderia ter acontecido se não tivéssemos conversado e quantas mais pessoas estariam nessa situação."

Rapman compôs uma música especialmente para a campanha: Rollercoaster.

Jamal Edwards, fundador da SBTV, também tem motivos especiais para apoiar a campanha. Dois amigos se suicidaram.

"Muitos homens neste país ainda preferem ir jogar futebol ou ficar na frente da TV em vez de discutir seus sentimentos. Pedir ajuda é visto como algo que não é cool", afirma Edwards, que fez fortuna com a produção de vídeos voltadas para a internet, um negócio que começou em seu apartamento em um conjunto habitacional de Londres.

Em 2014, mais de 4,6 mil homens se mataram no Reino Unido. Isso correspondeu a 12 pessoas por dia, ou uma a cada duas horas.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
do UOL
Blog do Fred Mattos
Comportamento
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog da Morango
Redação
BBC
Redação
do UOL
Redação
Redação
BBC
Redação
BBC
Redação
Beleza e maternidade
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Comportamento
do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo