Comportamento

Indiano dado como morto ao nascer superou paralisia cerebral e fez doutorado

Akshansh Gupta, 32, acabou de terminar seu doutorado em interface cérebro-computador na renomada Universidade Jawaharlal Nehru, na Índia.

Gupta tem paralisia cerebral, condição neurológica que limita severamente seus movimentos e sua capacidade de falar. Ele não pode andar, operar sua cadeira de rodas ou se alimentar sozinho.
 
A Índia tem mais de 25 milhões de pessoas com deficiência, mas falta estrutura para apoiá-los.
 
"Acho que, se você é determinado, pode conseguir qualquer coisa", diz Gupta.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
UOL Estilo
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo