Vida no trabalho

Estarmos sempre conectados nos deixa mais estressados no trabalho?

Thinkstock
Pesquisas indicam que checar e-mails e redes sociais constantemente é fator de estresse Imagem: Thinkstock

Padraig Belton

BBC

10/07/2016 15h37

Somos a geração dos distraídos, o dia todo checando mensagens irrelevantes na caixa de entrada de e-mails e nas nossas páginas na mídia social. Essa cultura do "conectado 24 horas" --exacerbada pelo smartphone-- está nos deixando mais estressados e menos produtivos, indicam estudos.

 "Cerca de 40% das pessoas acordam e a primeira coisa que fazem é checar e-mails", disse à BBC o pesquisador Cary Cooper, da Manchester Business School. Cooper é autor de estudos sobre a relação entre e-mail e estresse no trabalho. "Para outros 40%, (checar e-mails) é a última coisa que fazem à noite."

Um relatório que investiga a qualidade de vida no ambiente de trabalho, publicado no início do ano pelo Chartered Management Institute --entidade britânica que oferece treinamento e suporte para administradores de empresas-- revelou que a obsessão em checar e-mails fora do horário de trabalho está tornando mais difícil que nos desliguemos nas horas de folga. O resultado é nossos níveis de estresse estão aumentando. Mas o que podemos fazer a respeito?

Enxurrada de e-mails

Algumas empresas vêm intervindo para tentar amenizar o problema. Em 2012, o fabricante de automóveis Volkswagen começou a bloquear contas de e-mails de funcionários quando estavam de folga.

Já outra montadora, a Daimler, foi além e permitiu a seus empregados ativar uma funcionalidade pela qual todos os e-mails de trabalho recebidos durante as férias são automaticamente apagados. E na França, uma nova lei trabalhista que entrou em vigor há algumas semanas incentiva todas as empresas a adotar medidas similares.

O executivo da Microsoft Dave Coplin disse acreditar que ferramentas inteligentes vão aprender quando estamos ocupados e bloquear alertas, esperando até que estejamos menos ocupados para então liberar as mensagens mais relevantes e interessantes.

"A ideia é desenvolver ferramentas que nos ajudem a lidar com a enxurrada de informação", ele disse. Grande parte do trabalho da Microsoft nesse campo está focado no seu assistente pessoal, Cortana.

Para tentar escapar da tirania do e-mail, outras empresas estão fazendo experimentos com mensagens no estilo das redes sociais.

Autoajuda

Algumas empresas de tecnologia acreditam que monitorar o comportamento do nosso computador é o primeiro passo na busca de um melhor equilíbrio entre nossa vida profissional e pessoal. O "milagre" que transformou a Califórnia na sexta maior economia do mundo. 

O pequeno empresário Robby Macdonell, de Nashville, Tennessee, Estados Unidos, disse ter fundado a start-up RescueTime porque ficava frustrado ao ver seus dias desaparecerem sem que ele entendesse o porquê. Ele se distraía com muita facilidade.

 "Esses alertas são muito bem projetados para capturar sua atenção e estimular as partes do seu cérebro que dizem: 'Tenho de reagir a isso imediatamente'", disse Macdonell.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Redação
Redação
do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
Comportamento
BBC
Redação
BBC
BBC
do UOL
Redação
UOL Estilo
Redação
Redação
Redação
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
BBC
BBC
Redação
Redação
UOL Estilo
do UOL
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Topo