Comportamento

Após ser agredido, cego aprende a se proteger e vira professor de defesa pessoal

18/09/2017 16h04

David Black é cego, mas isso não significa que ele seja uma pessoa indefesa - muito pelo contrário. Após anos de aulas de defesa pessoal, o escocês hoje ensina outras pessoas cegas ou com limitações visuais a se protegerem. “Queria ajudar pessoas vulneráveis, ajudar outros cegos a se sentirem confiantes”, diz Black à BBC.

Nas aulas, ele mostra a seus alunos movimentos que podem usar para se defender de ataques - o que inclui até usar a bengala para proteção pessoal. “Se você sente-se ameaçado, sempre pode usá-la. É uma extensão do cego. Não é uma arma, é parte de quem somos”, diz Black.

“Ensinamos a evitar a situação por meio da conversa, mas, se você precisar, pode usar essas técnicas.” Trata-se de uma necessidade mais comum do que alguns pensam.
No ano passado, foram registrados mais de 3 mil crimes de ódio contra pessoas com deficiência no Reino Unido. O próprio Black foi uma vítima. “Passei a fazer aulas de defesa pessoal porque me sentia vulnerável”, conta ele. “Fui alvo de abusos verbais e atacado fisicamente ao menos três vezes. Fiquei traumatizado. Passei três anos em casa, com medo.”

Após anos de aulas de defesa pessoal para se proteger, ele começou a ter mais confiança, “a ser mais feliz”. “E é esse tipo de pessoa que eu quero ser.” Agora, ajuda outros a seguirem pelo mesmo caminho. “Todo mundo deveria ser capaz de andar com a cabeça erguida e de se sentir seguro.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
Redação
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
Redação
BBC
Redação
Redação
BBC
Bloomberg
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
EFE
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Agência Estado
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
BBC
do UOL
BBC
Topo