Comportamento

Peça "Mulheres Alteradas" levanta a questão: você é uma delas?

Lenise Pinheiro
Elenco de "Mulheres Alteradas": Mel Lisboa, Daniele Valente, Luiza Tomé e André Bankoff Imagem: Lenise Pinheiro

RENATA RODE
Colaboração para o UOL

27/08/2010 07h00

“De quem é a última palavra? Claro, das mulheres”, diz André Bankoff, ator que sofre com a alteração feminina no palco e na vida real. Ele é o único homem do elenco da peça “Mulheres Alteradas”, em cartaz em São Paulo, que trata com humor a rotina caótica de sentimentos vivida pela mulher atual. “É comum vivermos com os nervos à flor da pele, afinal somos cobradas o tempo todo. Temos de ser lindas, mães, esposas, profissionais e amantes. Atender amigos e família e estar sempre sorrindo. Ufa!”, brinca Mel Lisboa, atriz que contracena com Daniele Valente e Luiza Tomé no espetáculo.

Todas são unânimes em listar o que deixa qualquer mulher alterada: TPM, quilinhos a mais e desconfiança sobre infidelidade do amado. Além desses motivos, ouvimos outras situações que podem acabar com o humor de qualquer um, seja homem ou mulher. “O que tira do sério mesmo é ponte aérea atrasada ou voo cancelado. Eu me altero mesmo, outro dia até pedi desculpas a um funcionário no aeroporto, porque ele não tem culpa, mas me sinto lesada”, desabafa Luiza. Já Dani Valente acredita que até as freiras têm seus momentos de alteração. “Quer me ver descer do salto? Quando vejo alguém sendo vítima de preconceito de qualquer espécie. Me altera muito a síndrome dos ‘pequenos poderes’", diz.

Muitas vezes, o único jeito de desestressar em uma situação de alteração é rir. “Eu respiro e conto até dez e procuro não resolver nada no calor da coisa toda. Prefiro me preocupar com o que realmente devo, com motivos mais sólidos”, ensina Luiza Tomé. Para ajudar a rir de si, a peça “Mulheres Alteradas”, que está no teatro Procópio Ferreira, é uma adaptação de cinco volumes da coleção de livros da chargista e cartunista argentina Maitena.

Agora é a sua vez de testar o seu grau de alteração. Clique aqui e faça o teste.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Blog Alto Astral
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
EFE
BBC
EFE
Blog Alto Astral
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
BBC
BBC
BBC
Blog do Fred Mattos
Blog Alto Astral
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
ANSA
Redação
Blog Alto Astral
Redação
Redação
Redação
Da Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
ANSA
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
EFE
BBC
BBC
do UOL
Redação
Redação
Topo