Comportamento

Você sabe o que se passa na vida do seu filho? Faça o teste e descubra

RENATA RODE

Colaboração para o UOL

24/06/2011 07h00

Estar presente na vida do seu filho desde cedo é o primeiro passo para poder ajudá-lo a enfrentar problemas, de acordo com Betina Serson, psicóloga com pós-graduação em Psicopedagogia pela PUC-SP. "Se o filho não se abre com os pais é porque o relacionamento pode estar com problemas", diz.

Para a especialista, é importante saber quem são os amigos do seu filho e manter um canal de comunicação aberto com ele, principalmente na adolescência. "Traga os amigos do seu filho para dentro da sua casa. E, claro, uma boa convivência garante confiança e uma relação mais calma em casa e fora dela.”

Se a relação, porém, já não é das mais estreitas, Betina aconselha a tentar uma aproximação. "A melhor maneira de amenizar isso é ir com calma e fazer atividades relaxantes, que ambos gostem. Em atividades ao ar livre ou descontraídas, as pessoas mais fechadas têm a tendência de conversar e se abrir mais. Abaixo, veja sugestões da especialista para se aproximar das crianças e jovens.
 

Sinais que merecem atenção

Perceba se seu filho é solitário. Se os amigos não o procuram ou ele não sai com frequência, algo pode estar errado. Não é natural viver isolado. Converse, com cuidado, sobre isso;
A falta de interesse de ir à escola, notas baixas e isolamento pode ser sinal de que o seu filho seja vítima de bullying. Esteja alerta! Excesso de preocupação com a aparência também é um sinal;
A perseguição de um professor, por exemplo, pode ser notada pelas reclamações do filho. Ouça-o com atenção. Não duvide das queixas antes de averiguar se elas têm fundamento;
O comportamento do seu filho vai mudar conforme os amigos. Principalmente na adolescência. Conheça a turma e esteja por perto, respeitando a privacidade;
Os filhos precisam se sentir confortáveis para se abrir com os pais, mas os pais têm de ter em mente que eles são os adultos da relação e que há uma hierarquia;
Crie atividades gostosas para gerar aproximação, confiança e cumplicidade. Mostre que vocês podem se divertir juntos, ter papos prazerosos. Não fale com os filhos apenas para cobrar e dar broncas.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Redação
Redação
Comportamento
Comportamento
Redação
do UOL
Redação
do UOL
Blog da Morango
Redação
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
do UOL
Blog do Fred Mattos
Comportamento
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog da Morango
Redação
BBC
Redação
do UOL
Redação
Redação
BBC
Redação
BBC
Redação
Beleza e maternidade
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Topo