Equilíbrio

"Psicopatas do amor" como Carminha não criam vínculos; reconheça atitudes dessas pessoas

Heloísa Noronha

Do UOL

18/04/2012 07h00

Carminha (Adriana Esteves), de "Avenida Brasil", tem aparência frágil, que esconde sua natureza psicopata. Para especialistas ouvidos por UOL Comportamento, a personagem apresenta sinais do transtorno da personalidade antissocial. A psicopatia, em geral, é associada a crimes brutais. Mas as principais características de alguém que tem o distúrbio são a incapacidade de internalizar regras sociais, ausência de remorso, falta de empatia e um raciocínio extremamente particular, em que qualquer atitude justifica a realização de um desejo. Na vida real, há pessoas que usam o amor --na ficção, o de Tufão (Murilo Benício)-- de alguém para conseguir o que querem: status, dinheiro, vingança e até afeto.

Segundo o psiquiatra Leonard Verea, a novela tem uma função educativa, pois ajuda a identificar, através do comportamento de Carminha, psicopatas que podem estar ao seu lado. "Em momentos de estresse e tensão, essas pessoas nunca costumam agir de modo descontrolado. A frieza e a lucidez que demonstram são admiráveis. São manipuladoras e têm alta capacidade de liderança", explica o médico.

Você já cruzou com alguma pessoa como Carminha em sua vida?

Resultado parcial

Total de votos
Total de votos

A psiquiatra Laís de Siqueira Bertoche afirma que a identificação de um psicopata, muitas vezes, é difícil. "Mas o que os destaca é que são pessoas muito sedutoras, que buscam a vantagem em tudo. Vale o fim, sem se importar com os meios", conta. A sedução nem sempre acontece pelo viés sexual –seria uma espécie de teia, em que o psicopata vai enredando as pessoas que lhe interessam.

"Se for de seu interesse, tentarão comprar o outro com mimos e atenções constantes, fazendo com que você se sinta mal por pensar algo ruim sobre elas", diz a especialista, que dá uma dica: estar atento e perceber se o discurso é compatível com a ação, através do modo que a pessoa se refere a terceiros e, principalmente, a subordinados, já que tende a desqualificar alguns e enaltecer aqueles que podem ser úteis.

Um dado importante é o modo como reagem quando ficam frustrados. "Observe, também, se agem de acordo com os valores que professam", diz Laís. Já a psicóloga Cecília Zylberstajn sugere prestar atenção no relacionamento com as pessoas mais próximas, com quem deveriam ter vínculos afetivos. "A relação é sempre superficial, mesmo com filhos", diz ela.

 

As atitudes mais comuns

Dissimulação
A boa lábia é o melhor trunfo dos "psicopatas do amor". São pessoas que não dizem o que pensam ou sentem, mas aquilo que quem desejam conquistar gostaria de ouvir. Conseguem identificar facilmente o ponto fraco e as carências alheias e usam isso a seu favor.
Autoestima em alta
Psicopatas costumam se julgar superiores. Vivem se comparando com os outros –e sempre se sentem os melhores nessa comparação– e acreditam que o universo lhes deve tudo. Não podem se frustrar jamais.
Ausência de remorso
Psicopatas sempre justificam suas ações e não apresentam nenhum traço de culpa. No entanto, sempre encontram um culpado para seus insucessos e frustrações (Carminha tem uma suposta infância miserável como justificativa).
Impulsividade
Irresponsáveis e desrespeitosos em relação a normas, regras e obrigações sociais. O psicopata imagina-se imune a qualquer julgamento ou punição e não pensa duas vezes antes de cometer delitos –que vão de arrebentar o carro do namorado numa crise de ciúme ou perseguir a "ex" que o dispensou.
Falta de empatia
Psicopatas são indiferentes aos sentimentos dos outros. Quando a pessoa deixa de ser útil ou causa problemas, a elimina de sua vida. Por isso a facilidade com que Carminha mandou levar Rita (Mel Maia) para o lixão e até o próprio filho Batata (Bernardo Simões).
Vitimização
Psicopatas se fazem de coitadinhos, inocentes, injustiçados (por alguém ou pelo destino). Consideram o mundo cruel e precisam de apoio para seguir em frente. 
Camaleônicos
Facilmente podem fingir ser o que não são, moldando-se às circunstâncias. Na novela "Avenida Brasil", Carminha age como se fosse religiosa e conservadora para agradar a família do marido.
Manipulação
Incapazes de manter relacionamentos íntimos, são extremamente sedutores e agradáveis nas relações sociais superficiais. Por conta disso, conduzem as pessoas a realizarem seus desejos. Um bom exemplo é o fato de Carminha ter feito a sogra, Muricy (Eliane Giardini), odiar a rival Monalisa (Heloisa Périssé).

Fotos: Divulgação

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
BBC
Redação
Redação
BBC
UOL Estilo
Redação
BBC
Redação
Redação
BBC
do UOL
Redação
UOL Estilo
Redação
BBC
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
UOL Estilo
Redação
Topo