Sexo

"Propaganda enganosa" dá origem aos mitos do sexo; saiba o que é verdade e o que não é

Do UOL, em São Paulo

Você já sentiu insegurança ao ouvir alguém lhe contar sobre uma performance fantástica que teve na cama? Comparou-se e lamentou jamais ter tido uma experiência tão boa? É natural. Mas saiba que seu amigo ou amiga talvez estivesse fazendo uma "propaganda enganosa". Homens e mulheres adoram contar vantagens, e é aí que surgem muitos dos mitos que envolvem o sexo. Não são raras as pessoas que são mais generosas consigo mesmas ao contar quanto medem seus pênis ou quantas vezes transaram em uma noite. Para discutir verdades e mentiras sobre sexo, o UOL D.R. convidou a terapeuta sexual Arlete Gavranic, coordenadora do curso de pós-graduação em Educação e Terapia Sexual do Isexp (Instituto Brasileiro Interdisciplinar de Sexologia e Medicina Psicossomática). Assista ao programa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo