Sexo

Massagem sensual estimula zonas erógenas; aprenda técnicas

Cléo Francisco

Do UOL, em São Paulo

03/01/2013 07h15

Além de demonstrar afeto, uma massagem sensual é capaz de despertar novas sensações no seu par, segundo a sensual coach Fátima Moura, professora de massagem sensual e autora dos livros "Sexo Para Mulheres Casadas" (Editora Original) e "Sexo, Amor e Sedução" (Editora Harbra). "É uma forma de transmitir a paixão através do tato, estimulando zonas erógenas que dão muito prazer”, afirma. 

Para a terapeuta tântrica e personal sex trainer Lu Riva, autora do livro "Massagens Sensuais e Excitantes" (editado pela escritora), a prática pode até aproximar os parceiros que já estavam em um relacionamento mais morno. "Os pares acabam relembrando a importância do toque, que fica meio esquecido com a correria cotidiana”, diz.

Antes de começar uma massagem erótica é importante atentar para alguns detalhes. O primeiro deles é ter tempo disponível e eliminar qualquer possibilidade de a prática ser interrompida. Celulares, telefones e outros aparelhos eletrônicos que possam desviar a atenção dos parceiros devem ser desligados.

Explore melhor os pontos erógenos do homem e da mulher

  • Clique na imagem. (O infográfico não está disponível para dispositivos móveis)

O ambiente ideal deve estar à meia-luz e o local escolhido deve ter uma superfície mais firme do que a cama. “Uma boa ideia é colocar dois edredons macios no chão, cercados de almofadas”, diz Fátima. Para ela, pétalas de rosas artificiais feitas em tecidos de seda e compradas em boutiques sensuais dão um clima a mais. Uma bandeja com pedaços de frutas, de chocolates e com bebidas, como licor, também é interessante para o momento.

A trilha sonora para esse momento deve ser suave e, durante a massagem, a comunicação é feita apenas pelo toque e pelo olhar dos parceiros. Também é importante usar óleos à base de água, encontrados em sex shops, que não são gordurosos e evitam desconforto. As especialistas também aconselham a manter sempre uma parte do corpo em contato com o do outro, assim não há quebra do clima de intimidade entre o casal.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
do UOL
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Topo