Equilíbrio

Consumir açúcar ajuda a controlar o estresse, diz estudo

Getty Images
Segundo a pesquisa, açúcar pode deixar o estresse longe de você Imagem: Getty Images

Nicholas Bakalar

The New York Times

05/05/2015 13h32

Muitas pessoas consomem doces em resposta ao estresse e, agora, os pesquisadores descobriram os motivos. O açúcar reduz os níveis de cortisol, o hormônio responsável por esse estado emocional.

Os cientistas recrutaram 19 mulheres. Oito consumiram bebidas adoçadas com aspartame, tipo de adoçante que substitui o açúcar comum, durantes 12 dias. O restante ingeriu os mesmos líquidos contendo 25% de sacarose.

Os pesquisadores mediram os níveis de cortisol da saliva das participantes antes e depois do experimento. Elas também foram submetidas a exames de imagem por ressonância magnética, enquanto resolviam testes de aritmética, cujos níveis superavam a capacidade de resolução delas --procedimento conhecido por aumentar os níveis de cortisol.

Publicado no periódico "The Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism", o estudo não encontrou diferenças entre os grupos nas medições de cortisol realizadas antes da dieta. Todavia, após a dieta, os níveis de cortisol foram menores para o grupo que consumiu açúcar e maiores para os que usaram aspartame.

Os exames de ressonância mostraram uma atividade maior do cérebro nas áreas que controlam o medo e o estresse para o grupo que consumiu açúcar e uma movimentação cerebral inferior entre o grupo do adoçante.

Kevin D. Laugero, um dos autores do estudo e nutricionista do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, afirmou que não devemos inferir que o açúcar deva ser usado para reduzir o estresse. Entretanto, "as descobertas são intrigantes, pois sugerem a existência de uma via metabólica sensível ao açúcar fora do cérebro, que pode expor novas áreas de tratamento de doenças neurocomportamentais e relacionadas ao estresse".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

BBC
Redação
Redação
BBC
UOL Estilo
Redação
BBC
Redação
Redação
BBC
do UOL
Redação
UOL Estilo
Redação
BBC
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
UOL Estilo
Redação
Redação
Topo