Comportamento

Com muitos palavrões, meninas estrelam campanha contra o sexismo

Do UOL, em São Paulo

24/06/2015 17h54

Vestidas de princesas e, acredite, xingando horrores, meninas com idades entre seis e 13 anos estrelam um vídeo da marca ativista norte-americana Fckh8.com. A ideia da companhia, que vende camisetas para reverter a renda para ações contra o preconceito, é questionar o que é mais agressivo: ver crianças falando palavrões ou o machismo que impera na sociedade?

Ao abordarem assuntos como a diferença salarial entre os gêneros, a fragilidade feminina e a violência contra a mulher, as "princesas" deixam claro que tudo isso é mais ofensivo do que elas aparecerem falando inúmeros "fucks" (porra, em tradução literal do inglês). Um garoto também aparece usando vestido e diz que não é legal quando dizem que você está agindo como uma menina, subtendendo que ser do sexo feminino é ruim.

No final, duas mulheres adultas dizem que "todo o sexismo vai entediar as meninas" e que "em vez de limpar a boca das garotas com sabão, a sociedade deveria rever sua maneira de ser".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Redação
Redação
Beleza e maternidade
BBC
Redação
Redação
Redação
Comportamento
do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
BBC
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Topo