Comportamento

Campanha quer que correr ou lutar "como uma menina" deixe de ser insulto

Do UOL, em São Paulo

30/06/2015 19h17

A nova campanha publicitária de uma marca de absorventes quer mudar os estereótipos sobre fragilidade feminina e questiona “quando fazer coisas como uma menina virou um insulto?". 

No vídeo promocional, adultos jovens e um garoto são orientados pela diretora a correr, brigar e arremessar uma bola "como meninas". Todos correspondem à expectativa de, por exemplo, correr de forma afetada e brigar com tapinhas.

Na sequência, as mesmas solicitações são feitas para meninas ainda longe da adolescência e elas praticam as ações com garra e energia. Uma delas diz que correr como uma menina é "correr o mais rápido possível".

A marca está com uma ação nas redes sociais usando a hashtag "TipoMenina", para que as usuárias compartilhem experiências e ajudem a derrubar os estereótipos em relação às mulheres. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Redação
Redação
Beleza e maternidade
BBC
Redação
Redação
Redação
Comportamento
do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
BBC
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Topo