Equilíbrio

Vida de homem com Alzheimer vira música em campanha para manter memória

Do UOL, em São Paulo

10/08/2016 17h52

Transformar a vida de uma pessoa em música pode ser uma grande arma contra o mal de Alzheimer. É o que promete a campanha #MúsicasParaSempre, que tem o objetivo de conectar, por meio da internet, famílias de pacientes com a doença e músicos interessados em ajudá-las.

A campanha foi inspirada em uma pesquisa, realizada em 2015 pelo Instituto Max Planck de Neurociência e Cognição Humana de Leipzig, na Alemanha, que demonstrou que a memória musical de um indivíduo com Alzheimer não é afetada pela doença.

Feita pela Bossa Nova Films, em parceria com a Dahouse Audio e a agência Isobar, a ação gerou um minidocumentário que mostra como foi feita a música criada para Hélio Elpídio de Queiroz, diagnosticado com Alzheimer há três anos.

A composição da trilha da vida de Hélio é de autoria de Lucas Mayer e a interpretação foi feita pela cantora Ana Julia Zambianchi. A voz feminina não foi escolhida por acaso, a ideia era parecer que Camila e Mariana, filhas do homenageado, cantavam para ele.

O vídeo mostra ainda imagens antigas da família, como a infância das meninas e seus passeios preferidos na praia, e relembra os principais momentos da vida de Hélio, como o casamento, o nascimento das filhas e da neta Manoela, 11 meses, além de ressaltar seu amor pelo mar e pelo São Paulo Futebol Clube.

Participam também do vídeo o maestro João Carlos Martins e o médico Renato Anghinah, coordenador do núcleo de neurologia do Hospital Samaritano, em São Paulo.

A campanha foi idealizada pela Mares Filmes para divulgar o lançamento do longa-metragem francês “A Viagem de Meu Pai”, que mostra a relação de uma filha com o pai, que tem Alzheimer, e estreia nesta quinta (11) nos cinemas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
BBC
Redação
Redação
BBC
UOL Estilo
Redação
BBC
Redação
Redação
BBC
do UOL
Redação
UOL Estilo
Redação
BBC
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
UOL Estilo
Redação
Topo