Estilo de vida

Mulher filma sua expulsão de loja e acusa Victoria's Secret de racismo

Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL

20/12/2016 15h56

Em um vídeo de 11 minutos (veja a versão editada abaixo), a norte-americana Kimberly N. Houzah transmitiu ao vivo sua expulsão de uma loja da grife Victoria’s Secret, em um shopping no Alabama (EUA), na tarde do dia 7 de dezembro. Vendedoras, a gerente do estabelecimento e mais uma vigia do shopping foram filmadas pedindo que ela e mais uma mulher negra saíssem do local.

Segundo Kimberly, as vendedoras não disseram o por quê da expulsão, mas teriam associado ela e a outra cliente a uma outra mulher negra, que teria sido flagrada roubando na loja no mesmo momento.

Revoltada, Kimberly saiu da loja e disse que se sentia triste e humilhada. Já no carro, a mulher chora e declara que nunca mais colocará o pé na loja.

No dia seguinte, a marca se pronunciou sobre o caso no Facebook e afirmou que a funcionária que expulsou as mulheres havia sido demitida e que pedia desculpas pelo acontecimento. “Victoria's Secret defende que todos os seus clientes sejam tratados com dignidade e respeito, independentemente de raça”, afirma o comunicado. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Estilo de vida

Topo